terça-feira, 8 de agosto de 2017

QUEM É O "NOVO" DIRETOR-GERAL DO DMLU DO GOVERNO NERSON MARCHEZAN


Renê (é o desprovido de cabelos) fazendo campanha para Sebastião Melo


O Blog IMPRENSA LIVRE RS  vai contar quem é o "novo" diretor-geral do DMLU do Nerson Marchezan

Renê José Machado de Souza, novo diretor-geral do DMLU, é uma figura conhecida na Prefeitura de Porto Alegre. É engenheiro civil, mas até pouco tempo atrás era concursado como Assistente Administrativo  (nível médio).

Como sempre foi muito bem relacionado politicamente, foi CC de todos os governos, desde a época do prefeito Collares. Assim, atuava como engenheiro e aumentava consideravelmente seu salário. Sempre que saía um concurso para engenheiro, Renê tentava, mas nunca conseguia ser aprovado.

Até que em 2008 conseguiu passar, mas não foi muito bem classificado  (78° colocado). A Prefeitura foi convocando os aprovados,  mas nunca chegava a vez do Renê. Até que, em 2012, no apagar das luzes da validade do concurso, Renê foi chamado em um Diário Oficial extra. Renê foi o único engenheiro civil chamado nesse dia e o último aprovado do concurso a ser chamado. Talvez tenha sido uma coincidência, talvez não. Afinal, Renê é cunhado da toda poderosa do governo Fortunati, a super-secretária IZABEL CRISTINA MATTE. Renê é casado com a irmã da poderosa IZABEL MATTE. Note que em 2012, IZABEL já era secretária do governo.

Além disso, Renê trabalhava, desde a época de IZABEL CRISTINA MATTE, na poderosa Secretaria Municipal de Planejamento Estratégico, local onde se concentra grande parte dos Marajás da Prefeitura, onde há polpudas gratificações (que o prefeito Nerson Marchezan não pensa em mexer por falta de coragem). Renê percebe R$ 22.746,87 mensais na SMPEO.

Não é a toa que Renê, quando ficou como diretor-geral do DEP, em um mandato-tampão, após o criminoso escândalo das bocas-de-lobo, exigiu não ser nomeado oficialmente como diretor. Se fosse, perderia sua super gratificação. O "reitor" Fortunati topou. Então continuou na SMPEO, apenas respondendo pelo Departamento Esgotos Pluviais.

Agora está aplicando a mesma técnica. Leiam o DOPA de 08/08/2017, Renê não foi nomeado diretor-geral, mas apenas recebeu as "atribuições diretor-geral do DMLU". Ou seja, vai manter o salário da SMPEO, em vez de receber o salário de diretor-geral do DMLU? (R$ 12.984,93).

Mais uma do Renê: era Sebastião Melo até debaixo d'água, com carro adesivado e tudo. Até contribuiu financeiramente para a campanha do Melo. Mas, depois do resultado (surra eleitoral), mudou de lado rapidinho. Aliás, como sempre fez, desde a época do prefeito Collares. Afinal o lema do Renê é: Se hay govierno, soy a favor...

11 comentários:

  1. Existem vários desses no Serviço Público. Eu os chamo de invertebrados, pois dobram-se a qualquer governo, já que não tem ideologia nenhuma, a não ser a do vil mesmo.
    Criaturas lastimáveis.

    ResponderExcluir
  2. Passou ainda pela SMIC e 156. A pergunta é: por onde não esteve ele?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. NO 156 nunca esteve. Estive lá por longos 12 anos, desde a época do PT até o fim, quando o Rene era da SMA.

      Excluir
  3. Esteve também na SMA

    ResponderExcluir
  4. Acho que ele estava com o ptb na campanha https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=668669723314886&id=100005155933654

    ResponderExcluir
  5. Respostas
    1. Só um governo do Nerson um sujeito deste tem espaço...

      Excluir
  6. Que bárbaridade.Deve ser um dos marajás da folha de pagamento. Com esses o Marchezam não mexe, só com a gente que trabalha certo.

    ResponderExcluir
  7. Todos aqueles(as) da SMPEO ainda recebem seus BONS salários?

    ResponderExcluir
  8. Todos aqueles(as) da SMPEO ainda recebem seus BONS salários?

    ResponderExcluir
  9. Nao sei se vai durar. Ter que aguentar as ordens e todo o azedume do 300 pila. Vai ser outro que vai cair rapidinho. Ele tem fama de ser ditadorzinho. Dois bicudos nao se beijam.

    ResponderExcluir