terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

LESMÃO E VISCONDE DE SABUGOSA SÃO ESPIONADOS NA PREFEITURA DE PORTO ALEGRE...



A grande líder do MB no RS, conhecida por Paula C, que na comunidade de informações já se apresentou como Marisa, Tânia ou Maria da Graça, é uma The Flash, consegue voar da Rua da Praia, onde fica a SMIC, até a Rua Siqueira Campos, onde está a Secretaria de Serviços Urbanos. Rápida a moça!!!

Não se sabe em que momento do dia ela transmite as informações que capta. Afinal, na COMUNIDADE, o agente só conhece seu superior sem saber que são os demais personagens do órgão.

Bem cotada, a Maria da Graça, trata os titulares das pastas de "Lesmão" e "Visconde de Sabugosa". A Marisa, já fez incursões no Paço. Porém, o comandante é experiente e tem profundas ligações como o E2. Foi avisado e não cairia na conversa comprida de amadores... 

MARCHEZAN JÚNIOR SE ESPELHA EM DÓRIA PARA LIMPAR PORTO ALEGRE...


Quem ouviu a Rádio Gaúcha, no Programa Atualidades, desta terça-feira, 28/2, ouviu do secretário municipal de Serviços Urbanos, vereador Ramiro Rosário (PSDB), que a nova administração de Porto Alegre vai realizar inúmeras ações voluntárias para limpar a cidade. Isso, segundo o secretário, será feito por  meio de um BANCO VOLUNTÁRIOS, igual ao BANCO DE TALENTOS: Se você for um bom faxineiro, tá dentro!!! 


Um detalhe passou batido sem que os entrevistadores questionassem o MENINO DE OURO de Marchezan Júnior. Se a faxina geral for realizada com os atuais contratados pelo DMLU (na gestão Fortunati/Melo/Carús) podem ter certeza que nada mudará. Ao contrário, a capital dos gaúchos continuará uma pocilga.

CÂNCER NA PRÓSTATA AFASTA ELISEU PADILHA DO GOVERNO TEMER


O ministro-chefe da Casa Civil da Presidência da República, foi submetido a uma cirurgia altamente complexa, na qual foi retirada a próstata. É tão grave o quadro, que a equipe médica foi obrigada a se socorrer de métodos tradicionais para operar o ministro. Um corte no abdômen foi necessário para observar se a neoplasia não havia se espalhado no seu organismo. 

O VELHO JORNALISTA FOI ABANDONADO PELA TIA "NINE", E SE ATIROU NOS BRAÇOS CONVALESCENTES DO ELISEU...


ERROU FEIO!!!

Um jornalista acostumado a escrever livros - factóides, foi abandonado por um ex-habitante do Palácio Piratini. Há boca pequena comenta-se nos bastidores que um o velho escriba - tão velho que os pais colocaram um nome em homenagem ao Chanceler. O jornalista está muito deprimido.

Jogou todo o seu vigor, conhecimento e influência a espera de reconhecimento. Porém como é público, o (a) ex-inquilino (a) do Palácio Piratini costuma deixar os aliados abandonados na estrada. Menos, é claro, seus meninos de estimação, em especial o do antiquário e o dono da loja de bolsas e sapatos finos.

O velho jornalista é rápido!!! Em poucos dias se tornou o novo porta-voz do "sainte" ministro-chefe da Casa Civil da Presidência da República, o dinheiro faz tudo...

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

SECRETARIADO DE MARCHEZAN JÚNIOR É FAKE. FERNANDO LAVA JATO FOI QUEM ESCOLHEU A "PETEZADA" QUE GOVERNA PORTO ALEGRE...


Virou chacota nas rodas políticas o secretariado juvenil que governa Porto Alegre. A capital dos gaúchos mais parece um Grêmio Estudantil  do que uma  Prefeitura da importância de uma cidade do tamanho da capital dos gaúchos.

O "famigerado" BANCO DE TALENTOS é o maior embuste já colocado "goela abaixo" aos eleitores que optaram pelo candidato Marchezan Júnior. As escolhas "pinçadas" para as Secretarias beiram a galhofa.

É sabido que FERNANDO LAVA JATO com a conversa comprida de que é o maior pensador dos Sul da América, empurrou goela abaixo seus meninos e jogou Marchezan Júnior num deserto sem comida e sem água. O final já é conhecido: INANIÇÃO POLÍTICA. 

O Blog IMPRENSALIVRERS vai divulgar na próxima quarta-feira (01/3) a lista de Schuler - não confunda com o filme.

MARCHEZAN JÚNIOR DORME COM A INIMIGA!!!


Quando a Comunicação sangra, o gestor se quiser sobreviver tem que identificar imediatamente quem é o degolador do seu trabalho. 

A Comunicação de Marchezan Júnior ou de Fernando Lava Jato Schuler já faz rios de sangue. Passados 53 dias de "governo" a única coisa que produziu foi contratar inimigos públicos do Prefeito - exemplo: Machado Filho, demitido e recontratado, Carlos Contursi, vulgo Cascalho, demitido e recontratado, e a adição de meia duzia de petistas na equipe,  coisa que nem Fortunati, nem Tião Melo tiveram coragem de fazê-lo.

Marchezan Júnior só sobrevive e preserva sua imagem se revisar urgentemente o conceito que impôs a sua área de Comunicação. 

Não precisa ser um jornalista alinhado, companheiro, identificado com o PSDB, PP... Basta tratar-se de um profissional de verdade, comprometido com a verdade e acima de tudo independente. Não pode ser alguém tutelado por um Coronel já abatido na política do Rio Grande.

A LOROTA DO CORONEL SECRETÁRIO MUNICIPAL DE SEGURANÇA DE PORTO ALEGRE



A delegada, o  Prefeito Júnior, o Coronel da Reserva e o Menino de Ouro. É o quarteto Fantástico!!!

Pegou muito mal o factóide criado pelo Coronel da Reserva da Brigada Militar,  KLEBER SENISSE, indicado por Marchezan Júnior ou Fernando Lava Jato Schuler, para dirigir a inoperante Secretaria Municipal de Segurança de Porto Alegre - que permite  a pichação do Mercado Público sem reagir...

Dizer que os empresários proprietários de revenda de veículos se comprometeram a consertar 140 viaturas inoperantes da Brigada Militar é brincar com a inteligência das pessoas e subestimar a função empresarial dos donos de revenda. Afinal, eles se sustentam com a venda de veículo e com o conserto dos mesmos. De graça nem injeção na testa. 

O Coronel, muito saidinho, resolveu "chinelear" os atuais comandantes do CPC - Comando de Policiamento da Capital e da Brigada Militar. Dizer que encontrou uma formula mágica para recuperar viaturas avariadas, e o mesmo  que afirmar que os atuais comandantes são incompetentes, incapazes de suprir as necessidades operacionais da tropa. 

Começa muito mal o secretário de Marchezan Júnior ou de Fernando Lava Jato Schuler. Passa um atestado de soberba e desprezo para com seus pares que continuam na ativa. 

Marchezan Júnior ou Fernando Lava Jato Schuler criaram um monstro. Prometer o que não se pode entregar é desmoralizante.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

LICITAÇÃO DA CAPINA DE PORTO ALEGRE COM CARTAS MARCADAS...


O Blog IMPRENSALIVRERS, soube na tarde desta quarta-feira (21/2), que uma conhecida cooperativa, que ganhou polpudos reajustes no último ano da gestão Fortunati/Melo, sairá vencedora do certame aberto pelo DMLU para contratar a capina de Porto Alegre.

Especialistas afirmam que o preço ofertado como máximo pela Prefeitura é R$ 1 milhão abaixo  do custo operacional.

A cooperativa que vai vencer não está nem aí para a cidade. Contrata barato, depois passa a conta das obrigações sociais que não recolhe para a população de Porto Alegre quitar na Justiça do Trabalho.

Assim  é fácil!!!

O diretor-geral do DMLU, escalado pessoalmente pelo prefeito Marchezan Júnior para a função, precisa abrir bem os olhos. Caso contrário, receberá em uma manhã qualquer, as 6, a visita das UBERs PRETAS/DOURADAS da Ipiranga...

A POLÍCIA ESTÁ NOVAMENTE DE LUNETA NA PRAIA DE JURERÊ


Lá já prenderam o diretor-presidente da Engevix e Delcídio do Amaral

Famosa por esconder milionários que fizeram fortuna roubando, sonegando, ou extorquindo, de uma hora para outra a famosa praia entrou na rota de observação 24 horas da Polícia.

Se você pensa que caminha de forma solitária pelas ruas de Jurerê Internacional, se engana. Um "às" na arte da extorsão jogou âncora no famoso balneário. Ousado, está incursionando na área de Comunicação. Quer enfrentar os novos donos da afiliada da Globo. Coisa de louco!!!

O método utilizado para "encantar" patrocinadores é o uso de mariposas conhecidas nacionalmente.

A forma nababesca de agir do oficial da reserva (R/2) é marciana. Grandes barcos, automóveis de luxo e drones formam o aparato estático da operação. Já as tripulantes são louras ousadas, morenas provocantes e uma líder proxeneta.

A sorte que o extorquidor  tem direito a cela especial por ser oficial da reserva (R/2)

# Todo o conteúdo dessa matéria foi captado nas postagens exibidas nas Redes Sociais. As personagens, por vaidade não escondem nada. São pródigas em contar tudo, inclusive nome e endereço do seu mecenas.

# Nada melhor que algumas doses de Whisky e um quarto cheiroso de motel para um bom agente descobrir tudo.

# O editor do IMPRENSALIVRERS conhece com detalhes o "modus operandi" do extorquidor... O pessoal do Nordeste está na cola do extorquidor...

QUEM É O DONO DO LARANJA-SÓCIO DO FERNANDO LAVA JATO SCHULER?


Desde o momento em que os grandes jornais e revistas do Brasil, publicaram que o "curador" do FRONTEIRAS DO PENSAMENTO, Fernando Lava Jato Schuler é um dos donos da Telos, a pequena empresa sediada em Porto Alegre, que lavou dinheiro das palestras do mafioso Lula, a pergunta é única: Quem é o dono do Laranja-Sócio de Fernando Lava Jato Schuler?

Uns dizem que pode trabalhar na Farrapos, outros apostam na Carlos Gomes e os demais na Avenida Ipiranga.

É muito pequeno a quantidade de suco que sai espremendo a laranja, quase só bagaço. Portanto, por trás dessa laranja deve existir uma mente brilhante capaz de projetar o FRONTEIRAS DO PENSAMENTO e trazer à Porto Alegre as cabeças mais iluminadas do mundo.

Isso não é coisa de amador... É coisa de gente que sabe muito bem mexer os pauzinhos, por exemplo, no Carf (Zelotes)...

O IMPRENSALIVRERS VAI CONTAR UM POR UM DOS INDICADOS POR FERNANDO LAVA JATO SCHULER PARA O GOVERNO MARCHEZAN JÚNIOR...


É bom pedir demissão antes. Descolar do Fernando Lava Jato Schuler antes que a história fique manchada para sempre. 

Os meninos que integram o governo Júnior, que foram escolhidos pessoalmente por Fernando Lava Jato Schuler estão numa encruzilhada: Admitem que seu padrinho é um abominável homem do Petróleo - Lava Jato, ou decidem por se comportar de forma Republicana, pegando seus "mijados" e se recolhendo para suas residências.

Os exemplos da irmã do ex-presidiário Záchia e do filho do casal Maranhão/Busatto é a prova cabal de que a política no Rio Grande não se renova, ao contrário, se mistura e se utiliza da velha receita caudilha. Júnior sabe muito bem o que isso significa. Com diz a música de Cezar e Paulinho, de Pai pra Filho, sempre.



Maria de Fátima Záchia Paludo é indicação pessoal de Fernando Lava Jato Schuler para o governo Marchezan Júnior


Até a presente data, 22 de fevereiro, uma pergunta estava no ar, sem resposta. Quem teria indicado Maria de Fátima Záchia Paludo para o secretariado de Marchezan Júnior.  Em que termos e em que base de negociação com o PMDB na Câmara de Porto Alegre Marchezan Júnior se "curvou" para nomear a irmã de um importante dirigente - mesmo que esse tenha sido arrancado pela Polícia e pelo Ministério Público - da cadeira na Secretario Municipal do Meio Ambiente de Porto Alegre?

A resposta veio hoje:  Maria de Fátima Záchia Paludo foi indicação do "guru" Fernando Lava Jato Schuler, o curador do Fronteiras do Pensamento, àquele que serviu de "ninho" para esquentar dinheiro da Odebrecht para Lula na Lava Jato.

OPERAÇÃO NOTAS FRIAS


Está acontecendo uma vigorosa investigação da PF sobre NOTAS FISCAIS FRIAS na região noroeste do RS. As provas são robustas. Um deputado (de um partido nanico) vai ter que dar boas explicações para os investigadores... Pulseiras de Prata estão sendo preparadas. O roubo é de milhões...

São vigaristas e sonegadores. São os mesmos que não querem NOTAS FISCAIS ELETRÔNICAS...

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

FERNANDO LAVA JATO SCHULER, MENTOR INTELECTUAL DE MARCHEZAN ESTÁ NA LAVA JATO...


A empresa Telos Empreendimentos Culturais, empresa segundo print extraído do site da Receita Federal em 21 de fevereiro de 2017, tem como um dos sócios,  o queridinho da Tia Yeda, a número 9. O nome dele: Fernando Lava Jato Schuler. 

Schuler Lava Jato é também o principal mentor/orientador do governo Marchezan Júnior...

A Telos recebeu R$ 1,3 milhão do GRUPO ODEBRECHT - que teve seus acordos de delação premiada homologados pela Justiça, no dia 31 de janeiros. Os valores foram destinados ao pagamentos de palestras na Venezuela e no Panamá.

O queridinho dia Tia Yeda, a número 9, e principal mentor do governo Marchezan Júnior vai ter que dar boas explicações ao Juíz Sérgio Moro.

Fernando Lava Jato Schuler foi Secretário de Estado da Justiça e Inclusão Social da Tia Yeda, a número 9...

Presidente da Comissão de Saúde e Meio Ambiente da Assembleia está muito interessado na "modus operandi" de um conhecido Instituto que "administra" nosocômios no RS e SC...

O Instituto já é investigado pelo MPF. O deputado Tortelli está muito interessado em saber quem indica o conhecido Instituto para prefeituras municipais do RS...

O Blog recebeu uma preciosa informação que o Dr. Adamastor Pereira é Co-fundador e Médico Consultor da DOMO Salute



A DOMO Salute trabalha em sinergia com organismos reguladores - ANVISA, INMETRO, ANATEL, MTE, IBAMA – oferecendo consultoria de inteligência regulatória para o acesso de dispositivos médicos e cosméticos ao mercado brasileiro.

Com um profundo conhecimento acerca dos organismos reguladores brasileiros, nossa expertise contempla todas as regulamentações obrigatórias relacionadas ao registro de produtos. O principal objetivo da DOMO Salute é trazer uma solução completa para sua empresa.

www.domosalute.com.br

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

OS INIMIGOS DAS NOTAS FISCAIS ELETRÔNICAS SABEM QUE A MAMATA VAI TERMINAR...


Aqueles parlamentares (do partido nanico) que lutam na surdina para que as NOTAS FISCAIS ELETRÔNICAS não entrem em atividade vão sofrer uma robusta investigação. Certas COOPERATIVAS que enganaram a Secretaria Estadual da Fazenda e a Receita Federal vão sofrer penas rigorosas. Fraude dá cadeia!!!

O partido nanico está em pânico... O rapaz que está sendo investigado pela Lava Jato também está...

SERRA NORDESTE VAI SER INVESTIGADA POR SUSPEITA DE PAGAR PROPINA PARA MÉDICOS...


Vai ter um pente fino na contabilidade da SERRA NORDESTE... A SERRA NORDESTE vende implantes ortopédicos em Caxias do Sul...

Armas usadas pela Polícia brasileira pode disparar por acidente... É uma arma dos ESTIMADOS da TAUROS...

Foto TV Globo

Um dos modelos de armas mais usados por policiais brasileiros está sob suspeita. Segundo as vítimas, a pistola dispara "acidentalmente", ferindo e até matando o usuário.

Pelo menos 99 pessoas, em 19 estados e no Distrito Federal, foram vítimas de tiros disparados assim (acidentalmente), sem ninguém apertar o gatilho. Nos últimos 13 anos, foram 7 mortes.

Vários estados (SP, RJ e DF) já abriram investigação sobre os "acidentes" ocorridos. Mato Grosso decidiu enfrentar o monopólio dos ESTIMADOS monopólios de armas de fogo no Brasil e através do seu Ministério Público ordenou a instauração de uma investigação para apurar os problemas apresentados nas armas dos ESTIMADOS da TAUROS naquele estado.

O pessoal da família ESTIMADA costuma dar grana para conhecidos políticos. 

A campanha de Nelson Marchezan Júnior recebeu dinheiro dos ESTIMADOS???

A suspeita "saída" do Presidente da Carris...


O Presidente da Carris renunciou 20 dias após assumir o cargo. Sua justificativa é muito estranha. Dizem que Marchezan Júnior foi pego de surpresa no final de semana com a confirmação da demissão do "técnico" Luís Fernando Ferreira. Coisas estranhas acontecem no governo Marchezan Júnior...

sábado, 18 de fevereiro de 2017

INVAsora e seus esquemas fraudulentos na área da Endo e Cardiovascular no Paraná, Santa Catarina e no Rio Grande do Sul...


A empresa INVAsora, com sede em Curitiba, que vende produtos médicos da americana G, é campeã em burlar o SUS e Planos de Saúde...

Uma das suas maneiras de burlar (roubar) é colocar um implante (Endo ou Cardiovascular) e cobrar três. Um implante principal e dois colaterais. Muitas vezes sem a devida necessidade...

Estão chegando forte em Porto Alegre, Novo Hamburgo e Passo Fundo.

No RS utilizam uma empresa "satélite" comandada por um testa de ferro (parente) do dono da INVAsora de Curitiba...

Uma fonte altamente confiável informou ao Blog que estão pagando altas porcentagens para seus parceiros do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul...

PF e outros órgão de investigação farão um pente fino e outras Universidades Federais - contra o desvio de dinheiro público em bolsas de estudo...


UFRGS e UFPR já foram "visitadas" pela PF. A PF já está em adiantadas investigações em outras Universidades Federais. Uma fonte informou ao Blog que a roubalheira é maior do que se imaginava...

Conhecidos "professores" estão envolvidos no esquema criminoso... Serão presos!!!

Abramge (Associação Brasileira de Planos de Saúde) está na cola do Dr. Paulo Eduardo Gavião, vulgo Paulinho Parafuso...


A poderosa Abramge está na cola do Cirurgião de Coluna Dr. Paulo Eduardo Gavião, vulgo Paulinho Parafuso. O rapaz foi um especialista em colocar implantes de Coluna Vertebral em pacientes do Correios Saúde/Postal Saúde (2008/2009/2010,2011,2012) sem necessidade em São Paulo (capital) e na grande São Paulo...

Enganava os pacientes e o Correios Saúde/Postal Saúde e outros planos, dizia que colocava implantes importados, mas na verdade, colocava implantes nacionais. 

O Dr. Paulinho Parafuso é investigado pela Polícia Federal e pela Inteligência da Receita Federal em São Paulo e no Paraná. Seu patrimônio é de mais de R$ 40 milhões, fruto dos seus esquemas criminosos...

O Dr. Paulinho Parafuso também gostava (gosta) de "operar" no Hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo...

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Tia Yeda, a número 9, pode falar sobre o Banrisul???


Enquanto governadora, a número 9, vendeu 49% das ações do Banrisul, dizendo que o dinheiro iria para o FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS FUNCIONÁRIOS. O gato comeu  todo essa grana... 

Quem sabe  o destino desse dinheiro são dois ex-presidentes, um está na Praia de Belas, outro  num banco  falidinho, falidinho...

MÃOS DE FERRO DO DMLU - A ANTIGA FARRA ACABOU!!!


Parece coisa de milico!!!

O Diário Oficial do Município de Porto Alegre, publica na edição desta quarta (15/02), decisões duríssimas de controle interno no DMLU - Departamento Municipal de Limpeza Urbana.

O novo diretor-geral Álvaro de Azevedo, conhecido advogado ambientalista, está fechando as torneiras do  DMLU, para garantir transparência e terminar com a farra. Ele é oposto do Menino de Ouro do ex-senador Pedro Jorge e do Tião Melo.

É o fim da farra das horas extras, do uso indiscriminado de telefones, e principalmente do descontrole na gestão de pessoas.

HOSPITAL DE CLÍNICAS - DENÚNCIA GRAVE!!!


Recebemos por e-mail:

"Em relação ao novo diretor-geral do Hospital de Porto Socorro de Porto Alegre, Amarílio Vieira de Macedo Neto, sugiro dar uma investigada na relação com o Sr. Tiago Vaz, chefe extra-oficial da informática do Hospital de Clínicas,  não concursado (fez dois concursos e não passou). Verifique os contratos realizados entre o Hospital de Clínicas e empresas de prestação de serviços de informática..."

É bom lembrar que o Dr. Amarílio foi presidente do Hospital de Clínicas com o apoio dos militantes do PT, daquele nosocômio federal...

QUEM SÃO OS INIMIGOS DAS NOTAS FISCAIS ELETRÔNICAS?



Existe um pequeno grupo de deputados (de um partido nanico) que luta desesperadamente para que o Estado não adote ou prorrogue o começo da emissão de NOTAS FISCAIS ELETRÔNICAS (na área agrícola)...

O Blog sabe quais são os verdadeiros intere$$es dessa gente...

Um deputado federal do PP também é contra... O JG do PP é contra...

O deputado foi citado na Operação Lava Jato...

SERRA NORDESTE IMPLANTES E SUAS CARÍSSIMAS FESTAS...




As colunas sociais dos principais jornais de Caxias do Sul, mostram o PODER da empresa que domina o mercado de implantes ortopédicos nas cidades da Serra. Em uma de suas festas foram gastos quase R$ 400 mil... Quem pode, pode...

Uma fonte altamente confiável informou ao Blog, que a Unimed Nordeste/RS, está impotente. O "dono" da Serra Nordeste é quem dá as cartas... 

O jornal O Pioneiro, na sua página de Coluna Social, mostrou sua caríssima festa...

Vender implantes de segunda linha é um baita negócio!!!

Será que eles pagam comissão de 40% para os colocadores de implantes???

UBERs PRETAS DA AVENIDA IPIRANGA ESTÃO PERCORRENDO CERTAS COOPERATIVAS GAÚCHAS - Parte 01


As famosas e temidas UBERs pretas estão atrás de NOTAS FISCAIS FRIAS emitidas por algumas Cooperativas (do setor agrícola) no RS...

As "Cooperativas" envolvidas no esquema fraudulento são ligadíssimas a uma poderosa Federação que elegeu um deputado estadual e um federal

O rolo é de milhões!!!

O Blog já recebeu cópias das NOTAS...

É crime federal!!!

Em breve (depois do carnaval), o Blog vai escanear e publicar as NOTAS. Vai ter pulseira de prata!!!

UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul) exporta seus conhecimentos sobre bolsas frias??? PF está prendendo na UFPR (Universidade Federal do Paraná)



Fraudes em pagamentos de bolsas na UFPR (Universidade Federal do Paraná) são salvo de robusta operação da PF

A eficiente Polícia Federal, em conjunto com a Controladoria Geral da União e Tribunal de Contas da União, deflagrou nesta quarta (15/02) a OPERAÇÃO RESEARCH com o objetivo de apurar o desvio de recursos públicos destinados à Universidade Federal do Paraná. 

A ação apura o repasse irregular de recursos mediante pagamentos sistemáticos, fraudulentos e milionários de bolsas a inúmeras pessoas sem vínculos com a instituição no período entre 2013 e 2016.

Cerca de 180 policiais federais 6 servidores da CGU e 4 dos quadros do TCU estão cumprindo 73 ordens judiciais: 29 mandados de prisão temporária, 8 de condução coercitivas e 36 mandados de busca e apreensão nos estados do Paraná, Mato Grosso do Sul e Rio de Janeiro.

Alguns professores da UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul) são os pioneiros neste tipo de maracutaia...

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

O conhecido e conceituado Cirurgião de Coluna paulista Edmond Barras realizou uma importante palestra no 11º Encontro Anual OPME/DMI


O encontro foi realizado na última segunda-feira (13/02) no Hotel Maksoud Plaza - São Paulo - Capital.

AO SER CONVIDADO PARA PARTICIPAR DESSE PAINEL QUE REÚNE SOB A MESMA ÉGIDE AS PALAVRAS ÉTICA E OPME CONFESSO QUE FIQUEI SURPRESO. O PRIMEIRO PENSAMENTO QUE SURGIU NA MINHA MENTE COMO CONSEQUÊNCIA DA ASSOCIAÇÃO DESSAS DUAS PALAVRAS FORAM AS NOTÍCIAS BOMBÁSTICAS QUE TEMOS VISTO QUASE QUE SEMANALMENTE NOS ÚLTIMOS DOIS ANOS E QUE GANHARAM FAMA COMO A MÁFIA DAS PRÓTESES.
SE ANALISARMOS SOB ESSE PRISMA ESSAS PALAVRAS NÃO COMBINAM. PORÉM SE DEIXARMOS DE LADO OS NOTICIÁRIOS E AS PÁGINAS POLICIAIS VAMOS VER QUE HÁ UMA RELAÇÃO PROFUNDA ENTRE OPME E A NECESSIDADE DE ÉTICA, DESDE A SUA CONCEPÇÃO E FABRICAÇÃO ATÉ A SUA UTILIZAÇÃO EM SERES HUMANOS, PASSANDO POR VÁRIAS ETAPAS, TAIS COMO A SUA DIVULGAÇÃO, APRIMORAMENTO, REGULAMENTAÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO.
AO FALARMOS EM ÉTICA TEMOS QUE FALAR EM COMPLIANCE.
SEGUNDO GUSTAVO LUCENA DA DELOITTE, COMPLIANCE NA ÁREA DA SAÚDE SIGNIFICA GARANTIR COMPETÊNCIA, CONHECIMENTO TÉCNICO E ADMINISTRATIVO QUE PERMITAM ATENDIMENTO ASSISTENCIAL ADEQUADO, COM QUALIDADE, HUMANIZADO, ÉTICO, COM PRECISÃO DE CUSTOS, DESTINADO AO MAIOR NÚMERO DE PACIENTES.
HOJE AS EMPRESAS DO SETOR DE SAÚDE VIVEM DIFICULDADES ADMINISTRATIVAS, FINANCEIRAS, LEGAIS E DE IMAGEM.
DENTRE AS CAUSAS DESSAS DIFICULDADES TEMOS UM SISTEMA REGULATÓRIO COMPLEXO, O ENVELHECIMENTO DA POPULAÇÃO, O MAIOR ACESSO À SAÚDE, O ALTO CUSTO DA ASSISTÊNCIA MÉDICA, ASSOCIADAS A ADMINISTRAÇÕES POUCO PROFISSIONALIZADAS EM GESTÃO E GOVERNANÇA, POUCA EFICIÊNCIA NO PLANEJAMENTO E CONTROLE FINANCEIRO E, POR FIM, QUESTÕES ÉTICAS NAS ESFERAS ASSISTENCIAL E ADMINISTRATIVA.
A ÉTICA É UM DOS PILARES DESSA COMPLEXA ESTRUTURA QUE SE FALHAR PODE DERRUBÁ-LA POR INTEIRO.
É FUNDAMENTAL NAS EMPRESAS LIGADAS À ÁREA DE SAÚDE UM PROGRAMA DE ÉTICA E COMPLIANCE QUE DEVE TER COMO OBJETIVOS INCORPORAR O CORPO CLÍNICO NO PROCESSO DE GESTÃO, GARANTIR TRANSPARÊNCIA NO ATENDIMENTO AOS PACIENTES, INVESTIR EM CAPACITAÇÃO E NOMEAR UM RESPONSÁVEL DE ÉTICA E COMPLIANCE PARA CORRIGIR PROBLEMAS E CONDUZIR DILIGÊNCIAS E AUDITORIAS INTERNAS.
MAS VOLTEMOS ÀS OPMES.
TOMAREI A LIBERDADE DE ME DEBRUÇAR SOBRE OS IMPLANTES ORTOPÉDICOS, ESPECIFICAMENTE OS UTILIZADOS EM CIRURGIAS DE COLUNA, ESPECIALIDADE À QUAL ME DEDICO HÁ MAIS DE 40 ANOS. TIVE A CHANCE DE CONVIVER E PARTICIPAR DO SURGIMENTO DOS IMPLANTES VERTEBRAIS DE FIXAÇÃO PEDICULAR EM CIRURGIAS DE COLUNA, POIS NA DÉCADA DE 1970 TRABALHEI COM O PROF. ROY-CAMILLE, NA FRANÇA, QUE FOI O SEU IDEALIZADOR.
EVOLUÇÃO DO MERCADO DE IMPLANTES.
O MERCADO DE IMPLANTES ORTOPÉDICOS E PARTICULARMENTE DE COLUNA É RELATIVAMENTE RECENTE. FAZENDO UM BREVE APANHADO HISTÓRICO VEMOS QUE NOS ANOS 80 A QUASE TOTALIDADE DESSES IMPLANTES FORAM DESENVOLVIDOS POR ORTOPEDISTAS EUROPEUS DE RENOME MUNDIAL DENTRE OS QUAIS PODEMOS CITAR MCKEE, CHARNLEY, MULLER, JUDET, ROY-CAMILLE, COTREL E DUBOUSSET.
NAQUELA ÉPOCA OS IMPLANTES ERAM PRODUZIDOS POR EMPRESAS LOCAIS, RELATIVAMENTE PEQUENAS COMO A BENOIT-GIRARD, CERAVER, PROTEK, LINK E TACKRAY, EMPRESAS ESSAS BEM MAIS ÁGEIS EM TERMOS DE DESENVOLVIMENTO DO QUE OS SEUS CONCORRENTES AMERICANOS DA ÉPOCA, COMO A HOWMÉDICA, DEPUIS, RICHARDS E ZIMMER.
A AMPLIAÇÃO DO MERCADO ENTRE OS ANOS 80 E 90 LEVOU AO DESENVOLVIMENTO DE NOVOS IMPLANTES QUE FORAM APERFEIÇOADOS NA FRANÇA, ALEMANHA E EM MENOR ESCALA NA INGLATERRA, ITÁLIA E ESPANHA.
ESSA RÁPIDA PROGRESSÃO DO MERCADO ESTIMULOU O SURGIMENTO DE NOVAS EMPRESAS DE GRANDE PORTE COMO A B.BRAUN, SMITH & NEPHEW E STRYKER.
TAMBÉM OBSERVAMOS AQUISIÇÕES DE EMPRESAS EUROPÉIAS POR GRANDES GRUPOS AMERICANOS: DEPUIS COMPRA A TACKRAY, HOWMÉDICA A BENOIT GIRARD, DANEK A SOFAMOR E A TORNIER É COMPRADA PELA JOHNSON &JOHNSON.
A CONCENTRAÇÃO DO MERCADO NA MÃO DE POUCOS FABRICANTES TEM COMO CONSEQUÊNCIA A DIMINUIÇÃO DOS ATORES DO MERCADO MUNDIAL DE IMPLANTES PROVOCANDO UM ENORME DESEQUILÍBRIO EM FAVOR DOS GRANDES GRUPOS. ATUALMENTE CINCO EMPRESAS AMERICANAS DETÉM 70% DO MERCADO MUNDIAL.
ESSE OLIGOPÓLIO TEM UMA PREMENTE NECESSIDADE DE AMORTIZAR CUSTOS COM AQUISIÇÕES E PESQUISAS O QUE LEVOU A EXCLUSÃO DE SEUS CATÁLOGOS DE PRODUTOS MAIS BARATOS, OFERECENDO SEMPRE OS DE MAIOR VALOR.
OS RESTANTES 30% DO MERCADO MUNDIAL ESTÁ PULVERIZADO ENTRE UMA CENTENA DE EMPRESAS DE PEQUENO E MÉDIO PORTES, A MAIORIA NA EUROPA.
ESTAS EMPRESAS TEM UMA GRANDE PREOCUPAÇÃO EM DESENVOLVER UM PRODUTO INOVADOR PARA SOBREVIVEREM NESSE MERCADO COMPETITIVO.
QUANDO CONSEGUEM ESSE PRODUTO, O PRÓXIMO PASSO É CONSEGUIR A APROVAÇÃO PELO FDA, JÁ QUE A CERTIFICAÇÃO CE É MUITO MAIS SIMPLES.
SE NO MERCADO EUROPEU HÁ SISTEMAS RÍGIDOS DE REGULAÇÃO DE PREÇOS, UMA VEZ PASSADA A BARREIRA DAFDA E ENTRANDO NO MERCADO AMERICANO, O PRODUTO PODE SER COMERCIALIZADO POR VALORES MUITO SUPERIORES. AO MESMO TEMPO O PRODUTO INOVADOR CHAMA A ATENÇÃO DOS GIGANTES DO SETOR E ESTES ADQUIREM A EMPRESA POR UM VALOR MUITAS VEZES MAIOR DO QUE VALE NO MERCADO LOCAL.
ESTAMOS FALANDO DE UM MERCADO QUE EM 2016 MOVIMENTOU 12 BILHÕES DE DÓLARES E ESTIMA-SE QUE CHEGARÁ EM 2020 A 15,7 BILHÕES, COM UM CRESCIMENTO ANUAL DE 5,6% CONTRA APENAS 2% DOS IMPLANTES ORTOPÉDICOS. PREVÊ-SE QUE EM 2017 O MERCADO MUNDIAL DE IMPLANTES ORTOPÉDICOS CHEGARÁ A 50 BILHÕES DE DÓLARES.
EM 2016, O MERCADO BRASILEIRO DE IMPLANTES DE COLUNA FOI DE 120 MILHÕES DE DÓLARES, 83% DO MERCADO DA AMÉRICA LATINA.
PORÉM O QUE NÃO PUDE DEIXAR DE NOTAR, QUE, DE MANEIRA UNIVERSAL, À MEDIDA QUE ESSE MERCADO SE EXPANDE, SURGEM CONDUTAS OPORTUNISTAS, AÉTICAS E MERCANTILISTAS, LIGADAS A ESSE GRANDE AVANÇO CIENTÍFICO DAS CIRURGIAS DE COLUNA. E COMO CONSEQUÊNCIA DESSA AVIDEZ POR LUCROS PASSOU A SE INDICAR MUITO MAIS CIRURGIAS DO QUE O NECESSÁRIO, ATINGINDO O ÚNICO PERDEDOR DESSE ESQUEMA: O PACIENTE.
É DIFÍCIL FALAR EM ÉTICA DENTRO DESSE CONTEXTO.
HÁ VÁRIAS ETAPAS NA CADEIA DE IMPLANTES QUE COMEÇA NA SUA CONCEPÇÃO E ACABA NA SUA UTILIZAÇÃO EM PACIENTES. NOS ELOS DESSA CORRENTE ESTÃO MÉDICOS, FABRICANTES, DISTRIBUIDORES, FORNECEDORES, ÓRGÃOS DE DIVULGAÇÃO, HOSPITAIS E FONTES PAGADORAS. A RELAÇÃO ENTRE ELES IMPLICA EM REGRAS ÉTICAS QUE NEM SEMPRE SÃO SEGUIDAS. NESSA CADEIA ONDE HÁ VÁRIOS PARTICIPANTES, SEMPRE UM ACHA QUE A FALHA ÉTICA É DO OUTRO E NÃO DELE MESMO.
NEM TODOS SÃO VILÕES, MAS NEM TODOS SÃO SANTOS!
A INDÚSTRIA
A ASSOCIAÇÃO DO MÉDICO COM A INDÚSTRIA É FUNDAMENTAL PARA O DESENVOLVIMENTO DE IMPLANTES E DISPOSITIVOS MÉDICOS POIS UM OS IDEALIZA E O OUTRO CONCRETIZA. É ANIMADOR QUE ESSA ASSOCIAÇÃO LEVE A PROGRESSOS QUE BENEFICIAM PACIENTES, REDUZINDO A MORBIDADE, O TEMPO DE INTERNAÇÃO E DE RECUPERAÇÃO.
ENTRETANTO, ÀS VEZES ESSES VÍNCULOS PODEM LEVAR A CONFLITOS DE INTERESSES QUE PODEM NÃO SER COMPATÍVEIS COM O RACIOCÍNIO LÓGICO E IMPARCIAL DO MÉDICO. PODE LEVAR TAMBÉM À CONCLUSÕES TENDENCIOSAS DE PESQUISAS E INFLUENCIAR DECISÕES CIRÚRGICAS PONDO EM RISCO A SAÚDE DOS PACIENTES, LEVANDO A PERDA DE CONFIANÇA DA POPULAÇÃO NOS MÉDICOS E NA MEDICINA. É IMPERATIVO QUE OS CIRURGIÕES MOSTREM TOTAL TRANSPARÊNCIA NO SEU RELACIONAMENTO COM AS INDÚSTRIAS E COM O MERCADO DE IMPLANTES. HÁ UMA FRONTEIRA ÉTICA QUE NÃO DEVE SER ULTRAPASSADA POIS A SAGRADA CONFIANÇA DO PACIENTE EM SEU MÉDICO PODE SER COMPROMETIDA.
REGULAMENTAÇÃO
UM OUTRO PROBLEMA ÉTICO ENVOLVE A INTRODUÇÃO NO MERCADO DE NOVOS IMPLANTES, O QUE EVENTUALMENTE OCORRE COM POUCA FISCALIZAÇÃO E REGULAMENTAÇÃO. COMO CONSEQUÊNCIA A SEGURANÇA, A EFICIÊNCIA E OS EFEITOS A LONGO PRAZO NÃO SÃO SUFICIENTEMENTE CONHECIDOS ANTES DE SEREM UTILIZADOS EM PACIENTES. FREQUENTEMENTE ISTO OCORRE SEM CRITÉRIOS EMBASADOS EM EVIDÊNCIAS, SEM ESTUDOS PROSPECTIVOS OU DE RASTREABILIDADE.
AS CERTIFICAÇÕES CE E MESMO AS CONCEDIDAS PELA FDA, PRINCIPALMENTE A 510K, SÃO BASEADAS APENAS EM SIMILARIDADE. OS IMPLANTES SÃO LEVADOS AO MERCADO PELO ENTUSIASMO DOS CIRURGIÕES LARGAMENTE INFLUENCIADOS POR CAMPANHAS DE MARKETING MUITO BEM ESTRUTURADAS.
DISPOSITIVOS MÉDICOS SÃO CONJUNTOS COMPLEXOS DE VÁRIOS COMPONENTES, SENDO IMPOSSÍVEL TER A CERTEZA ABSOLUTA QUE SÃO ISENTOS DE RISCOS OU DANOS POTENCIAIS. UMA VEZ COLOCADOS NO PACIENTE NÃO PODEM ESTAR SUJEITOS A UM “RECALL” COMO UMA PEÇA DEFEITUOSA DE UM AUTOMÓVEL.
ANTES DA INTRODUÇÃO NO MERCADO OS NOVOS IMPLANTES DEVEM SER SUBMETIDOS A TESTES RIGOROSOS QUANTO À BIOCOMPATIBILIDADE, AVALIAÇÃO MECÂNICA, PERFORMANCE CLÍNICA, OPTIMIZAÇÃO DO DESENHO, DURABILIDADE E FINALMENTE A SUA REAL EFICÁCIA. TAMBÉM DEVEM TER OS RESULTADOS COMPARADOS COM OS TRATAMENTOS PADRÃO JÁ EXISTENTES.
O PACIENTE DEVE SER INFORMADO SOBRE A CONDIÇÃO DE IMPLANTE NOVO E DOS POTENCIAIS DANOS AOS QUAIS PODE ESTAR SUJEITO.
O DISTRIBUIDOR
A MAIOR PARTE DOS FABRICANTES, PRINCIPALMENTE AS GRANDES MULTINACIONAIS QUE NÃO CONHECEM OS MERCADOS LOCAIS LANÇAM MÃO DE DISTRIBUIDORES AUTÓCTONES PARA PODER VENCER A BUROCRACIA DE ÓRGÃOS REGULADORES E PARA DAR MAIS FLUIDEZ AO ESQUEMA COMERCIAL, PELA MAIOR INTIMIDADE QUE CONSEGUEM COM HOSPITAIS, MÉDICOS E FONTES PAGADORAS, MUITAS VEZES ATRAVÉS DE ESTÍMULOS FINANCEIROS, QUE OBVIAMENTE SÃO AGREGADOS AO CUSTO FINAL DO PRODUTO.
NO GRANDE ESCÂNDALO AMERICANO QUE ENVOLVEU IMPLANTES DE COLUNA NO INÍCIO DESSA DÉCADA, OS PRINCIPAIS PIVÔS FORAM OS DISTRIBUIDORES QUE TINHAM CIRURGIÕES ENTRE SEUS SÓCIOS. UMA COMISSÃO DO CONGRESSO RESTRINGIU ESSA PARTICIPAÇÃO POIS FICOU PROVADO QUE NOS HOSPITAIS QUE ERAM ABASTECIDOS POR ESSAS EMPRESAS O NÚMERO DE IMPLANTES USADOS ERA BEM MAIOR DO QUE A MÉDIA NACIONAL.
O HOSPITAL
A COMERCIALIZAÇÃO DE OPME É UMA GRANDE FONTE DE RENDA PARA OS HOSPITAIS. COMEÇA PELA TAXA DE OPERACIONALIZAÇÃO JUSTIFICADA PELOS CUSTOS DE ESTOCAGEM, ESTERILIZAÇÃO E LOGÍSTICA QUE EM ALGUNS CASOS BEIRA OS 40%.
UMA OUTRA QUESTÃO NO QUE TANGE OS HOSPITAIS É SUA RELAÇÃO COM OS PRÓPRIOS MÉDICOS. O DILEMA DO HOSPITAL É QUE EM UM GRANDE NÚMERO DE CASOS OS SEUS MÉDICOS SÃO INDIFERENTES AOS IMPERATIVOS EMPRESARIAIS DA INSTITUIÇÃO, ATRIBUINDO POUCA IMPORTÂNCIA ÀS INICIATIVAS DO HOSPITAL PARA GERENCIAR OS CUSTOS DE SUA CADEIA DE SUPRIMENTOS. OS MÉDICOS NÃO SOMENTE TEM POUCAS AFINIDADES COMERCIAIS COM OS HOSPITAIS COMO POR OUTRO LADO TEM FORTES LIGAÇÕES COM FABRICANTES E DISTRIBUIDORES DE DISPOSITIVOS MÉDICOS. IMPLANTES DE ALTA QUALIDADE MAS DE ALTO CUSTO SÃO PREFERIDOS PELOS CIRURGIÕES EM DETRIMENTO DE OUTROS MAIS SIMPLES, COM PREÇOS MUITO MAIS COMPETITIVOS E COM A MESMA FINALIDADE.
A FONTE PAGADORA
TEM HAVIDO UMA TENDÊNCIA CRESCENTE POR PARTE DAS OPERADORAS DE NEGOCIAREM DIRETAMENTE AS OPME. ESSA PRÁTICA SEM DÚVIDA DEVE PROPORCIONAR DIMINUIÇÃO DE CUSTOS, PORÉM TEM INCONVENIENTES. O MAIS SÉRIO É QUE RETIRA DAS MÃOS DO CIRURGIÃO A DECISÃO SOBRE IMPLANTES ESPECÍFICOS, JÁ QUE HÁ DIFERENÇAS MESMO ENTRE SISTEMAS COM A MESMA FINALIDADE, O QUE PODE DIFICULTAR A TÉCNICA CIRÚRGICA. NESTA FORMA DE COMERCIALIZAÇÃO OS IMPLANTES VARIARIAM CONFORME A OPERADORA E NÃO CONFORME A INDICAÇÃO CIRÚRGICA. PENSANDO MAIS ADIANTE, QUALQUER COMPLICAÇÃO CIRÚRGICA PODERÁ SER ATRIBUÍDA PELO CIRURGIÃO A IMPOSIÇÃO DE IMPLANTES DIFERENTES DAQUELES DA SUA PREFERÊNCIA.
DEVO SALIENTAR QUE NÃO IMPORTA SE AS OPME SÃO PAGAS PELO HOSPITAL OU DIRETAMENTE PELA OPERADORA SE O MÉDICO NÃO ESTIVER ENGAJADO COM ÉTICA E TRANSPARÊNCIA.
POR OUTRO LADO É FREQUENTE EM CERTAS OPERADORAS, PRINCIPALMENTE AS DE AUTOGESTÃO LIGADAS A FUNDOS DE PENSÃO, A EXISTÊNCIA DE ELEMENTOS QUE TAMBÉM FAZEM PARTE DO ESQUEMA, FACILITANDO AUTORIZAÇÕES CIRÚRGICAS COM IMPLANTES ACIMA DE NÍVEIS RAZOÁVEIS.
DEVE-SE TRANSFERIR AOS HOSPITAIS A PREOCUPAÇÃO COM OS CUSTOS DAS OPME. AS OPERADORAS DEVEM ATUAR COMO COMPRADORAS DE SERVIÇOS E NÃO COMO MERAS PAGADORAS.
A DIVULGAÇÃO
UM OUTRO ASPECTO IMPORTANTE ENVOLVE A DIVULGAÇÃO DOS IMPLANTES.
NORMALMENTE ELA SE DÁ ATRAVÉS DE PUBLICAÇÕES MÉDICAS ESPECIALIZADAS OU EM REUNIÕES E CONGRESSOS MÉDICOS.
OS MÉDICOS, AO FAZEREM DIVULGAÇÕES, DEVEM OBRIGATÓRIAMENTE RELATAR EVENTUAIS CONFLITOS DE INTERESSES. ISSO LEVA A FORMAÇÃO DE UMA LIVRE-OPINIÃO DE QUEM LÊ OU OUVE E PERMITE UMA AVALIAÇÃO MAIS CRÍTICA DOS RESULTADOS.
TEM HAVIDO CASOS EM QUE UM AUTOR CRITICA UM DETERMINADO IMPLANTE OU TÉCNICA POIS MANTÉM VÍNCULOS COM UM FABRICANTE CONCORRENTE.
ENTRETANTO A DIVULGAÇÃO DE CONFLITOS DE INTERESSES NÃO SE APLICA AOS EDITORES DE REVISTAS CIENTÍFICAS. VÁRIAS PUBLICAÇÕES TÊM DEMONSTRADO TENDÊNCIAS NOS PROCESSOS DE REVISÃO DE ARTIGOS COMO CONSEQUÊNCIA DESSES CONFLITOS. NÃO É INCOMUM O COMITÊ EDITORIAL REJEITAR UM CERTO MANUSCRITO POR MANTER LIGAÇÕES FINANCEIRAS COM FABRICANTES DE PRODUTOS SIMILARES.
REVISTAS MÉDICAS DEVEM SE EMPENHAR EXAUSTIVAMENTE PARA ASSEGURAR A INTEGRIDADE DE SUAS PUBLICAÇÕES.
O MÉDICO
JÁ RELATAMOS ANTERIORMENTE A IMPORTÂNCIA DO MÉDICO E O SEU RELACIONAMENTO COM A INDÚSTRIA PARA O DESENVOLVIMENTO DE NOVOS IMPLANTES.
HÁ UM OUTRO LADO QUE É MUITO MAIS COMPLEXO DO PONTO DE VISTA ÉTICO. SÃO AS COMISSÕES QUE O CIRURGIÃO RECEBE DE FABRICANTES E PRINCIPALMENTE, DE DISTRIBUIDORES E FORNECEDORES PARA USAR SEUS IMPLANTES.
O MÉDICO É O ÚNICO ELEMENTO PRESENTE EM TODA A CADEIA DE TRATAMENTO DE UM PACIENTE DESDE A PRIMEIRA CONSULTA ATÉ A ALTA. É TAMBÉM O ÚNICO ELEMENTO QUE TEM AUTONOMIA COMPLETA SOBRE AS CONDUTAS A SEREM TOMADAS SEJAM ELAS ADEQUADAS, OU NEM TANTO. O PODER DECISÓRIO CONCENTRADO EM UMA ÚNICA PESSOA PODE LEVAR A CONDUTAS DIVERSAS DEPENDENDO DA SUA FORMAÇÃO, DA ORIENTAÇÃO DA ESCOLA A QUAL PERTENCE, DA SUA PRÓPRIA EXPERIÊNCIA E, EM ALGUNS CASOS, DE OUTROS FATORES NEM SEMPRE ÉTICOS.
O MÉDICO AO SER CREDENCIADO PARA ATENDER OS PACIENTES DE UMA OPERADORA DE SAÚDE DEVE SEGUIR DIRETRIZES BASEADAS EM EVIDÊNCIAS MÉDICAS. NOS ESTADOS UNIDOS AS GRANDES SEGURADORAS ELABORARAM MANUAIS QUE ORIENTAM O MÉDICO NA SUA CONDUTA. ESSAS DIRETRIZES NÃO SÃO IMPOSIÇÕES DE TRATAMENTO, POIS ESTE É PECULIAR A CADA PACIENTE DENTRO DO MESMO GRUPO DE PATOLOGIAS. BASTAM ESSAS REGRAS PARA QUE UMA PARCELA IMPORTANTE DE CONFLITOS SEJA EVITADA NO DECORRER DO TRATAMENTO.
UMA PROPOSTA CONCRETA
NA MESMA LINHA DE PENSAMENTO OS HOSPITAIS DEVEM UNIR E AGREGAR OS SEUS MÉDICOS DENTRO DA FILOSOFIA DE SEGUIR AS DIRETRIZES DA MEDICINA BASEADA EM EVIDÊNCIAS. A FORMAÇÃO DE COLEGIADOS INSTITUCIONAIS PARA UMA SEGUNDA OPINIÃO É FUNDAMENTAL.
QUAIS INDICAÇÕES CIRÚRGICAS, QUAL A MELHOR TÉCNICA, QUAIS OS IMPLANTES A SEREM UTILIZADOS, EMERGIRIAM DE UM CONSENSO, COM BENEFÍCIOS ENORMES PARA OS PRÓPRIOS MÉDICOS, PARA OS HOSPITAIS, PARA AS OPERADORAS E PRINCIPALMENTE PARA OS PACIENTES.
JÁ HÁ HOSPITAIS QUE ADOTARAM ESSE SISTEMA. O ALBERT EINSTEIN DESENVOLVE UM PROJETO DESDE 2011 DESTINADO AOS SEGURADOS DO BRADESCO. DESDE AQUELA DATA OBSERVOU-SE QUE 58% DAS CIRURGIAS INDICADAS NÃO ERAM NECESSÁRIAS. NAS DEMAIS 42% QUE TIVERAM CONFIRMADA A INDICAÇÃO CIRÚRGICA HOUVE UMA REDUÇÃO SIGNIFICATIVA DE IMPLANTES EM RELAÇÃO À INDICAÇÃO ORIGINAL. ENTRE 2011 E 2015 NOS QUASE TRÊS MIL PACIENTES AVALIADOS HOUVE UMA ECONOMIA DE MAIS DE CEM MILHÕES DE REAIS PARA A OPERADORA.
ESTA ENORME ECONOMIA SE DEVE A DOIS FATORES. EM PRIMEIRO LUGAR ELIMINANDO AS CIRURGIAS DESNECESSÁRIAS. EM SEGUNDO LUGAR REDUZINDO O CUSTO DOS MATERIAIS DE IMPLANTE QUE PASSARAM A SER COMPRADOS COM UM DESCONTO DE ATÉ 70%. É SIGNIFICANTE ESTE DESCONTO POIS NA REALIDADE CORRESPONDE A COMISSÕES QUE SÃO PAGAS NA CADEIA DE DISTRIBUIÇÃO A VÁRIOS ELEMENTOS: MÉDICOS, COMPRADORES, FUNCIONÁRIOS DE FONTES PAGADORAS E A OUTROS ELEMENTOS QUE “FACILITAM” A COMERCIALIZAÇÃO. A FRASE QUE MAIS SE OUVE DOS FORNECEDORES DE OPME É A SEGUINTE: “SE EU NÃO PAGO, NÃO VENDO”.
NA BENEFICÊNCIA PORTUGUESA DE S. PAULO ESTAMOS IMPLANTANDO UM PROGRAMA SEMELHANTE AO DO EINSTEIN. O DIFERENCIAL DO NOSSO PROGRAMA É QUE OS PACIENTES AVALIADOS PELO COLEGIADO SÃO ORIGINÁRIOS DOS CONVÊNIOS ATENDIDOS PELO PRÓPRIO HOSPITAL. ELES SÃO APRESENTADOS AO COLEGIADO PELO ESPECIALISTA QUE OS ATENDEU; OS CASOS SÃO DISCUTIDOS POR TODOS, OPTANDO-SE PELA MELHOR INDICAÇÃO SEJA PARA TRATAMENTO CONSERVADOR OU CIRÚRGICO. SENDO CIRÚRGICO, ELES SÃO OPERADOS, SEMPRE DE ACORDO COM A CONDUTA CONSENSUAL DO GRUPO.
HÁ ALGUMAS DIFICULDADES A SEREM SUPERADAS PARA UM PROGRAMA DESSE TIPO. A PRIMEIRA É CONVENCER OS CIRURGIÕES A MUDAREM DE ATITUDE, DADO QUE O SER HUMANO É RESISTENTE A MUDANÇAS. A SEGUNDA É FALAR AO PACIENTE QUE A INDICAÇÃO DA SUA CIRURGIA DEVERÁ SER RATIFICADA POR UM COLEGIADO. CONTRARIAMENTE À IMPRESSÃO INICIAL, ESSE FATO É MUITO BEM ACEITO PELOS PACIENTES; TALVEZ MAIS DO QUE PELOS PRÓPRIOS CIRURGIÕES.
É FUNDAMENTAL ESTABELECER DIRETRIZES E PROTOCOLOS QUE VÃO DESDE A SOLICITAÇÃO DE EXAMES COMPLEMENTARES ATÉ AS QUE REGEM OS TRATAMENTOS CONSERVADOR OU CIRÚRGICO.
AS REUNIÕES ELEVAM O NÍVEL CIENTÍFICO DAS DISCUSSÕES E FAZ COM QUE O MÉDICO QUE FEZ A INDICAÇÃO ORIGINAL SEJA BEM MAIS PRUDENTE POIS DEVERÁ DEFENDER A SUA INDICAÇÃO DIANTE DE UM COLEGIADO.
PARA FINALIZAR, NEM SEMPRE É FÁCIL CONVENCER OS CIRURGIÕES QUE É MELHOR UM HONORÁRIO CORRETO E HONESTO AINDA QUE EM VALORES ABSOLUTOS MENOR DO QUE OS INCENTIVOS FINANCEIROS QUE RECEBERIA DO FORNECEDOR DA OPME.
UMA VEZ CONCLUÍDA A ESTRUTURA MÉDICA, DUAS FASES SÃO DECISIVAS.
UMA, É CHEGAR A UM DENOMINADOR COMUM EM RELAÇÃO AO TEMPO DE SALA DE CIRURGIA, DIÁRIAS DE UTI E APARTAMENTO, MEDICAMENTOS, EXAMES, HEMOTERAPIA, PARA QUE SE POSSA PRECIFICAR A INTERNAÇÃO HOSPITALAR.
A OUTRA É A NEGOCIAÇÃO COM OS FORNECEDORES, POIS O PACOTE A SER OFERECIDO À OPERADORA SÓ SERÁ VIÁVEL SE OS PREÇOS DOS IMPLANTES ESTIVEREM EM PATAMARES RAZOÁVEIS.
POR MAIS INCRÍVEL QUE PAREÇA ESTA PARTE ENCONTRA GRANDES DIFICULDADES. AFINIDADES ENTRE OS FORNECEDORES E CERTOS SETORES DOS HOSPITAIS SÃO FORTES EMPECILHOS. DEVE-SE DESMONTAR HÁBITOS JÁ EMBUTIDOS NA COMERCIALIZAÇÃO. DEVEM SER SELECIONADOS POUCOS FORNECEDORES, TRÊS OU QUATRO QUE POSSAM SUPRIR 95% DOS IMPLANTES E, SE NECESSÁRIO LANÇAR MÃO DE FORNECEDORES NOVOS QUE NÃO TENHAM AFINIDADES NEM COM MÉDICOS, NEM COM FUNCIONÁRIOS ADMINISTRATIVOS.
REDUZINDO O NÚMERO DE FORNECEDORES ELES GANHARÃO POR VOLUME DE VENDAS, ESTANDO ISENTOS DAS COMISSÕES QUE PAGAM PARA QUE OS SEUS  MATERIAIS SEJAM UTILIZADOS. SOMENTE EM RELAÇÃO À PARTE DO MÉDICO ESTA COMISSÃO VARIA DE 30 A 40%.
PODE ATÉ SER ÚTIL ESTABELECER UM CANAL DE COMPRAS DIFERENTE DO HABITUAL E QUE SE DESTINE APENAS ÀS NEGOCIAÇÕES DE OPME.
MESMO COM DESCONTOS PRÓXIMOS A 70% O PREÇO PRATICADO É SUPERIOR AO TETO IMPOSTO PELOS PAÍSES QUE ADOTARAM O SISTEMA T2A.
OS PRÓPRIOS FORNECEDORES ESTÃO SE DANDO CONTA QUE O ESQUEMA ATUAL DE COMERCIALIZAÇÃO ESTÁ COM OS DIAS CONTADOS.
ORGANIZAR PACOTES CIRÚRGICOS ONDE A CONTA HOSPITALAR FIQUE ENTRE 55 E 60% DO TOTAL, IMPLANTES ENTRE 20 E 25% E HONORÁRIOS MÉDICOS EM 20%, OS EQUALIZARIA ÀS PROPORÇÕES INTERNACIONAIS.
A VERBA PARA A CORREÇÃO DOS HONORÁRIOS MÉDICOS, ATUALMENTE ANORMALMENTE BAIXOS, VIRIA DA ECONOMIA COM OS IMPLANTES, NÃO ELEVANDO O CUSTO TOTAL DO PACOTE.
INSISTO QUE A SOLUÇÃO MAIS RÁPIDA E EFICAZ PARA OS PROBLEMAS DAS OPME NAS CIRURGIAS DE COLUNA ESTÁ MAIS NAS MÃOS DO MÉDICO DO QUE EM QUALQUER OUTRA PEÇA DESSA COMPLEXA ENGRENAGEM.
SE ESPERARMOS QUE A SOLUÇÃO DO GRANDE PROBLEMA DAS OPME VENHA DE ÓRGÃOS GOVERNAMENTAIS, AGÊNCIAS REGULADORAS OU QUALQUER OUTRO ÓRGÃO OFICIAL, ESSA PROBLEMÁTICA IRÁ SE ARRASTAR POR UM TEMPO INTERMINÁVEL O QUE É RUIM PARA OS SETORES DE SAÚDE MAS É MUITO PIOR PARA O PACIENTE, PARA QUEM O PREJUÍZO NÃO É SOMENTE FINANCEIRO MAS FÍSICO E EMOCIONAL.
O COMPORTAMENTO ÉTICO DE CADA UM DE NÓS QUE FAZEMOS PARTE DA CADEIA DAS OPME, DESDE O FABRICANTE ATÉ O MÉDICO, É IMPERATIVO PARA A MORALIZAÇÃO DO SISTEMA ATUAL.
Dr. Edmond Barras - Cirurgião de Coluna do Hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo/Capital