terça-feira, 31 de março de 2015

Pela primeira vez, o doleiro Youssef diz que recebeu dinheiro da Odebrecht e da Braskem no exterior para pagar políticos do PT e do PP


O doleiro  Alberto Youssef afirmou, em depoimento na Justiça Federal nesta terça (31/03), que as empresas Odebrecht e Braskem depositavam as propinas relativas ao esquema de corrupção da Petrobras no exterior. Os recursos teriam sido usados para alimentar as contas do PT e do PP. O doleiro também afirmou ter entregado, a pedido de fornecedoras da petrolífera, propina em dinheiro no seu escritório, na Zona Sul de São Paulo, e na porta do prédio do Diretório Nacional do PT, também em São Paulo.

Segundo Youssef, um dos pagamentos foi feito em frente à sede do PT em São Paulo. "O primeiro valor foi retirado no meu escritório pela cunhada dele (Vaccari, o Mochila). Eu entreguei esse valor pessoalmente. O segundo valor foi entregue na porta do diretório do PT Nacional, pelo meu funcionário Rafael Ângulo para o funcionário da Toshiba, para que ele pudesse entregar esse valor para o Vaccari, o Mochila", relatou.

Só tem gente "ilibada" nesse PT e nesse PP...

O PT tem medo de tirar o MOCHILA do comando da tesouraria do partido. O MOCHILA disse que se tirarem entrega o LULA e sua turma...

OAS tenta convencer dirigentes da Funcef (Fundo de pensão dos funcionários da Caixa Econômica Federal) a fazer um aporte milionário que lhe daria uma sobrevida




Os empreiteiros da OAS (aquela do Clube do 1 Bilhão) quer mais dinheiro da Funcef. É bom os funcionários da Caixa Econômica Federal abrirem o olho. Olha o caso Postalis...

Gincana do PP de Porto Alegre no luxuoso Hotel Laghetto Viverone Moinhos...


Ontem, segunda (30/03), o PP - Partido Progressista de Porto Alegre se reuniu para fazer uma gincana no luxuoso Hotel Laghetto Viverone Moinhos. O "evento", que começou às 17 horas (horário de expediente tanto na Câmara Municipal como na Prefeitura) foi para definir o futuro da sigla na cidade. O "evento" teve direito a cartolinas e adesivos... Partido rico é isso aí!!!

Luciana Faniquito Genro (PSOL)...





Dizem que Luciana Genro, do PSOL, quase teve um faniquito (ataque de nervos) ao ser informada, que a maioridade penal em Cuba é de 16 anos, como defende a "direita" brasileira...

Rio Grande do Sul na rota da Operação Lava-Jato: PF apura compra suspeita de petroquímicas Triunfo e Suzano


A Operação Lava-Jato investiga a parceria entre a Petrobras e o grupo Norberto Odebrecht - um dos 16 acusados de cartel e corrupção na estatal - no setor petroquímico. Pelo menos dois negócios de aquisição e incorporação de unidades do setor entre 2006 e 2010 estão na mira dos investigadores: a incorporação da petroquímica Triunfo, no Rio Grande do Sul, e Suzano, em São Paulo. Os negócios teriam beneficiado a Braskem S.A., sociedade formal entre estatal e empreiteira para o setor. 

Investigadores da Operação Lava-Jato colheram depoimentos, entre eles os dos delatores Paulo Roberto Costa, ex-diretor de Abastecimento da Petrobras, e Alberto Youssef, o doleiro responsável pela lavanderia do esquema de corrupção na petrolífera, que apontam pagamento de propina e "operações suspeitas de aquisição" de empresas nesses negócios...

Um dos ex-proprietários da Triunfo, Caio Gorentzvaig, afirma que Odebrecht (alvo da Lava-Jato) foi beneficiada pelo governo Lula nesse negócio. "Foi um plano de transformar o grupo Odebrecht dono dos polos petroquímicos do País sem colocar dinheiro nisso" afirmou Gorentzvaig. O caso é alvo de disputa judicial até hoje no Tribunal de Justiça, em, Porto Alegre (RS). Meses depois de ser deflagrada a Lava-Jato, em março 2014, Gorentzvaig postou na internet um vídeo em que faz declaração espontânea acusado plano de monopólio no setor produtor petroquímico, beneficiado a Odebrecht.

PGQP - Programa Gaúcho de Qualidade e Produtividade é uma obra do Rei do Aço: JORGE GERDAU JOHANNPETER



O PGQP do Rei do Aço tem um parceiro importante: o mineiro Vicente Falconi. O Professor Falconi atua em todos os segmentos de mercado, atendendo clientes da iniciativa privada e da esfera pública, do Brasil e do exterior. O PGQP adora um contrato público. SEM LICITAÇÃO. POR NOTÓRIO SABER... Uma investigação no PGQP do Rei do Aço seria uma boa!!! Talvez, se tivessem colocado o PGQP e o Professor Falconi para fazer uma avaliação da Refinaria de Pasadena, que causou um prejuízo bilionário, o resultado seria outro. Quem sabe??? Ou não???

O Rei do Aço está com sérios problemas com o Ministério Público Federal. O Grupo Gerdau é considerado um dos casos mais graves pelos procuradores da República que investigam supostos pagamentos de propina para membros do Carf... O jornal Folha de São Paulo, publicou hoje, terça (31/03) os valores do Grupo Gerdau: R$ 1,22 bilhão. Será que o Grupo Gerdau pagou propina para os membros  do Carf aliviar suas dívidas com a Receita Federal??? 

O PGQP do Rei do Aço bem que poderia fazer uma "avaliação" do suposto pagamento de propina ao membros do Carf, e depois corrigir os erros supostamente lá produzidos...

Procurador da República diz que Operação Zelotes pode ter delações premiadas


Nesta segunda (30/03), o Ministério Público Federal começou a analisar propostas de investigados para diminuir pena em troca de informações (delação premiada)

Deflagrada na quinta-feira (26/03) para apurar um suposto esquema de pagamento de propina para integrantes do CARF - Conselho Administrativo de Recursos Fiscais, em troca de benefícios em processos tributários, a Operação Zelotes pode ter seus primeiros delatores.

O procurador da República Frederico Paiva, um dos responsáveis pelo caso, afirma que alguns investigados já sinalizaram o desejo de firmar o acordo (delação premiada) com o Ministério Público Federal, a exemplo do que ocorre na Operação Lava-Jato. Os procuradores analisam as propostas. 

Coordenador do Núcleo de Combate à Corrupção do Distrito Federal, Frederico Paiva assegura que há fortes indícios de pagamentos para conselheiros, por meio de escritórios de consultoria contratados por grandes empresas interessadas em reduzir débitos fiscais. O prejuízo do suposto esquema aos cofres públicos poder chegar a R$ 19 bilhões.

Na edição de sábado (28/03), o jornal O Estado de São Paulo divulgou os nomes de algumas empresas que estariam sendo investigadas na Operação Zelotes por supostos benefícios em processos no CARF. Entre elas estão o Banco Santander, Bradesco, Ford, Grupo Gerdau, Marcopolo, etc. 

O Caso Banestado, a Petrobras, Operação Zelotes e o feitiço do tempo


Deputado Federal petista José Mentor, de São Paulo, é conhecido do doleiro Youssef... Mentor foi o "mentor" do abafamento da CPI do Banestado...

A Operação Lava-Jato tem ligação com o Caso Banestado mais do que se possa imaginar. Caso se tivesse ido até as últimas consequências, a situação poderia ser outra

"Foi o maior roubo de dinheiro público que eu já vi". A declaração de deputado federal oposicionista Fernando Francischini, do PSDB, não é sobre a Petrolão, Operação Zelotes, ou o que a mídia convencionou chamar de Mensalão, mas sobre o Escândalo do Banestado (Banco do Estado do Paraná). O Banestado, por meio de contas CC5, facilitou a evasão de divisas do Brasil para paraísos fiscais, entre 1996 e 2002, na ordem de R$ 150 bilhões. O caso se transformou em CPMI do Banestado, em 2003, da qual o deputado Fernando Francischini foi integrante em seu primeiro mandato.

Foi uma longa investigação que resultou no relatório final com pedidos de indiciamento de 91 pessoas (2 gaúchos) pelo envio irregular de dinheiro a paraísos fiscais.

A Operação Lava-Jato tem ligação com o Caso Banestado mais do que se possa imaginar. Se no Caso Banestado se tivesse ido até as últimas consequências, provavelmente estaríamos hoje em outro patamar. As condenações necessárias a políticos, grandes empresários e doleiros, teria evitado a dilapidação de recursos públicos em todas as instâncias. A impunidade amplia os limites de corruptos e corruptores. Basta lembrar do esquema de licitação fraudulenta dos metrôs e trens de São Paulo, que atravessou mais de uma década de governos do PSDB, e a ausência de investigação e punição para entender do que o deputado Fernando Francischini fala.

Os personagens do enredo da Operação Lava-Jato remetem, não por acaso, a muitos do Banestado, inclusive o doleiro Alberto Youssef, que conseguiu não responder pelos crimes de corrupção ativa e de participação em gestão fraudulenta da instituição financeira (Banestado), por acordo, com MPF de delação premiada, em 2014.

A CPI do Banestado tinha como relator o deputado petista José Mentor (PT). Hoje, José Mentor (PT) é réu na Operação Lava-Jato. Coincidência???

Os dois centros de controle de Porto Alegre estão sob severa investigação na Alemanha


Os 39 monitores de 55 polegadas cada. Equipamentos de alta resolução, com tecnologia alemão. A sala de controle tem 24 posições de trabalho, com 48 monitores que podem reproduzir e controlar quaisquer imagens do videowall e dos sistemas de tecnologia da informação da prefeitura. A infraestrutura é o resultado do investimento de mais de R$ 5,6 milhões pela prefeitura, incluindo a edificação na sede, mobiliário, equipamentos, tecnologias (videowall, software, hardware, nobreak), climatização e redes. 

A empresa alemão Bilfinger, que identificou o pagamento de propina a servidores públicos brasileiros em obras da Copa do Mundo, informou que também vai iniciar uma operação específica sobre o fornecimento de um painel de vídeo para o Ceic (Centro Integrado de Comando) da Prefeitura de Porto Alegre. Até o momento, porém, não foi comunicado qualquer indício de irregularidade envolvendo o contrato com o município.

Porto Alegre conta com 2 centros de controle equipados com telões fornecidos pela Bilfinger: um é o CEIC, criado em 2012 e dedicado ao monitoramento de itens como trânsito e fenômenos climáticos. O outro é Centro Integrado de Controle (CICC), inaugurado em 2014 no prédio da Secretaria Estadual de Segurança Pública e focado no combate à violência.  O chamado videowall de 56 metros quadros do CICC faz parte de um pacote de equipamentos adquiridos em 2013 pelo Ministério da Justiça, por meio da Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos, por R$ 24,3 milhões. O material foi distribuído a cidades-sede da Copa do Mundo como parte dos preparativos para o evento. No dia 22 de março, a Bilfinger comunicou ter aberto uma investigação para apurar o pagamento de propina a servidores públicos brasileiros envolvidos na aquisição desses monitores destinados à segurança pública.

Como aqui no Rio Grande do Sul não existe corrupção, podemos ficar tranquilos: NINGUÉM RECEBEU PROPINA !!!!

Dilma virou Rainha da Inglaterra: reina, mas não governa


Depois de derrubar o ministro da Educação, o PMDB deu sinais de que ditará o ritmo do governo nas votações mais importantes e ainda decidirá quais cargos terá no primeiro escalão federal. Simultaneamente à instalação das comissões especiais para analisar as duas primeiras medidas provisórias do ajuste fiscal, lideranças peemedebistas defenderam mudanças no texto original. Também desdenharam do nome do novo ministro da Educação.

Na prática, o PMDB, que comanda as duas Casas do Congresso, com Renan Calheiros no Senado e Eduardo Cunha na Câmara, instaurou o que a própria legenda classifica de "parlamentarismo branco". Diante de um governo fragilizada politicamente e moralmente e de uma presidente perdida em meio à pressão dos demais aliados, o PMDB se coloca na posição de fiador do sucesso ou fracasso do Executivo.

"Alguém duvida que, se não quisermos, passa alguma coisa neste Congresso? O governo depende de nós para aprovar tudo, especialmente o ajuste fiscal", confirmou uma liderança partidária do PMDB.

Não existe vacância de poder. Como o governo Dilma não funciona mais e Lula sumiu, o PMDB prazerosamente assumiu o controle da situação. Com isso, o Brasil tem home um governo de fato e outro de direito. Agora, é o PMDB que está à frente da reforma política, das novas leis anticorrupção (com preferência para os projetos dos deputados e não o tal pacote do Planalto) e até do ajuste fiscal.

Dilma não passa de uma Rainha da Inglaterra!!

segunda-feira, 30 de março de 2015

Tarso Genro defende imediato afastamento de João Vaccari Neto (o Mochila) do cargo de tesoureiro do PT


O ex-governador gaúcho recomendou afastamento imediato do dirigente. Mochila é réu na Operação Lava-Jato sobe acusação de corrupção e lavagem

Tarso Genro (PT) defendeu nesta segunda (30/03) o afastamento imediato do petista, João Vacari Neto (o Mochila) do comando da Secretaria de Finanças do PT. Mochila é um dos réus da Operação Lava-Jato, da Polícia Federal, acusado de intermediar, com fornecedores da Petrobras, o pagamento de propina para o partido. Ele responde processo na Justiça Federal por corrupção e lavagem de dinheiro

Eduardo Cunha é vaiado por um grupo agressivo de homossexuais na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul


O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), foi vaiado por um pequeno grupo agressivo de homossexuais em um evento para debater a reforma política na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre, nesta segunda (30/03). Ele já manifestou sua opinião contrária à criminalização da homofobia e o casamento gay.

Ao deixar a Assembleia Legislativa, após seu discurso, Cunha foi questionado por jornalista sobre os protestos agressivos dos homossexuais.  Ele disse que as manifestações não o preocupam e não vão mudar a agenda de compromissos.

"Nem um um pouco preocupado (sobre manifestação). Vinte, 30 pessoas (homossexuais), que vêm só para agredir não têm que causar nenhuma preocupação. Isso não é democracia, é intolerância", afirmou Eduardo Cunha. 

Professor de "ética" Renato Janine Ribeiro não passa de um incompetente...


O novo ministro da Educação da Pátria Educadora não passa de um bufão, de um incompetente. É uma nulidade intelectual. Coitado dos estudantes do país!!!

Uma vergonha!!! Em enorme crise financeira, a Pátria Educadora financia metrô na Venezuela




Vai custar mais de US$ 1,6 bilhão de dólares (ou R$ 5,3 bilhões de reais) ao contribuinte brasileiro o financiamento do BANCO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL (BNDES) à empreiteira ODEBRECHT  para construir a linha 5 do metrô da cidade de Caracas, capital da Venezuela. O BNDES se alimenta de recursos do Tesouro Nacional, que é arrecadado com os impostos dos contribuintes brasileiros... A empreiteira baiana com fortes ligações com Lula, e é citada no escândalo da corrupção na Petrobras, foi responsável por 3 linhas do metrô de Caracas, além de outras bilionárias obras no país...

Editorial do Jornal O Estado de São Paulo publicado hoje, segunda (30/03): 'O grande culpado'


A grave crise política e econômica na qual o País está mergulhado coloca Dilma Rousseff na berlinda. E não poderia ser diferente. afinal, ela é a presidente da República e tem demonstrado uma inacreditável inépcia no exercício das funções de primeira mandatária. Mas uma análise conjuntural que amplie o foco de observação de cena política para além dos episódios do dia a dia se projete sobre os 12 últimos anos expõe à luz o protagonista oculto, o ardiloso responsável maior pela tentativa de reinventar o Brasil - aventura que hoje custa caríssimo para cada um dos brasileiros: LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA...

Grupo Gerdau também é investigado pela suposta tentativa de anular débitos que chagam a R$ 1,2 bilhão. O Rei do Aço está encrencado...


O Grupo Gerdau  é investigado por suspeita de negociar ou pagar propina para apagar débitos com a Receita Federal no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (CARF).  A Operação Zelotes está trazendo sérios problemas par o empresário Jorge Gerdau Johannpeter...

"Aqui no Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais) só os pequenos devedores pagam. Os grandes, não" resumiu um ex-conselheiro do Carf, com cargo até 2013, numa conversa interceptada com a autorização da Justiça, segundo relato dos investigadores. 

O Grupo Gerdau é investigado pela suposta tentativa de anular débitos que chegam a R$ 1,2 bilhão.

Estão começando a quebrar os pratos: Dilma se irrita com declarações de Joaquim Levy




Em encontro realizado na Universidade de Chicago, na terça-feira (26/03) o ministro disse que a presidente nem sempre age de maneira mais efetiva

A declaração feita na terça (26/03) pelo ministro da Fazenda, Joaquim Levy, de que Dilma nem sempre age da forma mais eficaz, parece ter irritado a presidente. O jornal O Estado de São Paulo informou que o ministro da Casa Civil, Aloizio Mercadante, o Freddie Mercury, foi o responsável por comunicar o fato ao ministro da Fazenda ainda no sábado (29/03).

O ministro Levy quis dizer que, os corte seletivos que a presidente propôs não critérios técnicos de sustentação. Daí a revolta de Dilma

sexta-feira, 27 de março de 2015

Prisão de Marcelo Odebrecht é só uma questão de tempo, segundo o colunista Claudio Humberto, do Diário do Poder. Sua iminente prisão causa arrepios no Palácio do Planalto e no Lula...



No depoimento do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, que confessou ter recebido da Odebrecht ao menos R$ 59,8 milhões em propina, motivou apuração especial da força-tarefa da Operação Lava-Jato contra a empreiteira baiana: segundo Claudio Humberto, prisão do presidente da empresa é iminente. 

A empreiteira baiana foi que mais faturou na era Lula-Dilma: cerca de 53% dos R$ 71 bilhões gastos nos governos petistas. 

Uma coisa é certa: "Se Marcelo for preso, ele não aguentará a pressão: ele vai abrir a boca e contará tudo o que sabe sobre as suas relações de Lula com a Odebrecht". 

A coisa vai fe....

Polícia Federal conta riquezas de Renato Duque, ex-diretor do PT na diretoria da Petrobras



A Polícia Federal acabou de catalogar todos os bens apreendidos em poder do ex-diretor de Serviços da Petrobras, Renato Duque (o My Way) - preso pela Operação 'Que País é esse?', deflagrada no dia 16/03. As informações, acompanhadas de fotos dos itens recolhidos, constam de um relatório detalhado da Polícia Federal, ora juntado aos autos da Operação Lava-Jato.

Em dinheiro vivo, foi localizada e confiscada em um Banco do Principado de Mônaco 20 milhões de euros.

O tesouro de Renato Duque, sob custódia da Operação Lava-Jato, é formado também por obras de arte, canetas Mont Blanc e Cartier, relógios, colares, "aparentando ser de pérolas". Uma coleção sem fim de peças de valor ainda incalculável. Os peritos federais fazem a avaliação.

As riquezas do ex-diretor de Serviços da Petrobras (indicado pelo PT) foram apreendidas pela Polícia Federal na residência de My Way, no Rio de Janeiro. Obras de arte são 132. Elas já estão sob os cuidados do Museu Oscar Niemeyer, de Curitiba (PR), base da Operação Lava-Jato.

Câmara dos Deputados instala CPI para investigar máfia de órteses e próteses no Brasil. O Rio Grande do Sul é peça chave do esquema de corrupção..



Dr. Antônio Quintanilha, especialista em cirurgias da Coluna Vertebral. Gosta muito de LIMINARES!!!

A Câmara dos Deputados instalou nesta quinta (26/03) a CPI destinada a investigar a máfia das órteses e próteses no Brasil. O deputado Geraldo Resende (PMDB-MS) foi eleito presidente do colegiado e indicou o deputado André Fufuca (PEN-MA) para relatoria. O roteiro da CPI será apresentado na próxima reunião da comissão.


O blog imprensalivers foi contactado por um deputado federal para enviar documentações e dar informações sobre certos elementos daqui do Rio Grande do Sul. Podemos afirmar que alguns gaúchos serão convocados para prestar esclarecimentos em Brasília. Um deles é o ortopedista Fernando Sanchis.  Também serão "convocados" 3 representantes: Fifi, Chico Propina e o Sr. Nariz...

Também vão chamar os coluneiros que utilizam a indústria das liminares... 

Edinho Silva é o novo ministro da Secom e tomará posse no dia 31



O tesoureiro da campanha pela reeleição de Dilma, Edinho Silva, foi indicado novo ministro da Secretaria da Comunicação da Presidência da República (Secom), informou em nota o Palácio do Planalto nesta sexta (27/03). A posse está marcada para a próxima terça (31/03), às 11 horas, no Palácio do Planalto.

Ex-deputado estadual e ex-prefeito de Araraquara pelo PT, Edinho já foi presidente do partido em São Paulo e foi cotado para assumir a Autoridade Pública Olímpica (APO), consórcio formado pelos governos federal e fluminense e pela prefeitura do Rio que coordena as ações dos Jogos Olímpicos de 2016. Mas, diante da conflagração da base aliada no Congresso e de ameaças de retaliações, a avaliação do Planalto é que seu nome poderia ser rejeitado pelo Senado. Que certamente seria!!!

O blog tem informações que a Revista Veja tem uma caderneta, onde o empreiteiro Ricardo Pessoa, da UTC (uma das empresas envolvidas com as robustas corrupções na Petrobras), mandava recados enviesados a Dilma Rousseff, dizendo que Edinho Silva estava "preocupadíssimo" com a Operação Lava-Jato...

Presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) se recusou a receber Pepe Vargas, vulgo Pepe Legal...



Eduardo Cunha, afirma que não aceita intermediários nas relações "entre presidente de poderes". Ele considera Pepe Legal uma nulidade política...

Polícia Federal prende presidente do grupo Galvão: DARIO QUEIROZ GALVÃO FILHO...


A Polícia Federal cumpriu nesta sexta (27/03) duas ordens de prisão contra envolvidos nas roubalheiras da Petrobras, entre eles o principal executivo da construtora Galvão Engenharia.

As duas detenções preventivas e uma ordem de revista foram expedidas pelo juiz federal Sergio Moro, que conduz com todas as ações penais da Operação Lava-Jato, e executadas na madrugada por 10 agentes nas cidades do Rio de Janeiro e São Paulo, informou a Polícia Federal em comunicado.

Os dois presos foram identificados como Guilherme Esteves, acusado de distribuir recursos desviados da petroleira entre os membros da rede de corrupção, e Dario Queiroz Galvão Filho (presidente da Galvão Engenharia).

Esta "empresa" é uma das 23 construtoras acusadas de integrar o cartel (clube do bilhão) que superfaturava os contratos da Petrobras em troca do pagamento de subornos. 

Operação Zelotes: o Rei do Aço do RS está com uma das suas empresas investigadas pela Polícia Federal...




O empresário Jorge Gerdau Johannpeter, ex-membro do Conselho de Administração da Petrobras, que, até recentemente, era coordenador da Câmara de Gestão e Planejamento do Governo Federal,  tem uma de suas empresas suspeitas de  pagar propina para conselheiros do CARF - Conselho de Recursos Fiscais, do Ministério da Fazenda. A Polícia Federal iniciou uma operação para desarticular uma organização suspeita de fraudar julgamentos de processos no CARF. O Rei do Aço do Rio Grande do Sul também está com problemas na Petrobras. Foi durante sua permanência com membro do Conselho de Administração da petrolífera,  que foi aprovada a compra da Refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos.

O prejuízo na compra da Refinaria de Pasadena é calculado em 1,18 bilhão de dólares. Esse foi o resultado da compra da Refinaria em Pasadena, no Texas (EUA), pela Petrobras, em 2006. A compra da refinaria americana foi um dos maiores escândalos envolvendo a empresa e um dos negócios mais malsucedidos da história. 

quinta-feira, 26 de março de 2015

A empresa alemã Bilfinger vai investigar venda de telão ao CEIC (Centro Integrado de Comando) da Prefeitura de Porto Alegre



Os alemães já identificaram o pagamento de propinagem a servidores públicos brasileiros em obras da Copa do Mundo, a empresa Bilfinger avisou que vai instalar uma apuração específica sobre o fornecimento de um painel de vídeo para CEIC de Porto Alegre.  

Será que tem rolo?? Será que algum figurão de Porto Alegre recebeu propina?? Os alemães dizem que tiveram que pagar. Vamos rezar para que nossos figurões não tenham recebido propina da empresa alemã!!!

A empresa alemã de engenharia e serviços Bilfinger reconheceu nesta quinta (26/03) que "pode" ter pago até 1 milhão de euros em subornos para ganhar contratos no Brasil relacionados à Copa do Mundo em 2014.

A Bilfinger informou que está investigando se funcionários de uma subsidiária no Brasil subornaram autoridades públicas no país em contratos para equipar centros de segurança em diversas grande cidades brasileiras para o Mundial. 

Um porta-voz da empresa disse que a investigação englobou transações de até 8 anos atrás. 

A menos de 500 dias das Olimpíadas Rio 2016, ministro da Aviação Civil, Eliseu Padilha, detalha preparação do setor



O Brasil entra de vez na contagem regressiva para os Jogos Olímpicos Rio 2016. A partir desta quinta-feira (26/03), faltaram menos de 500 dias para a abertura da competição. Enquanto isso, a Secretaria de Aviação Civil (SAC) sob o comando do ministro Eliseu Padilha (PMDB) acelera suas ações para deixar os aeroportos brasileiros preparados para receber cerca de 3 milhões de passageiros - sendo 400 mil estrangeiros - e as delegações de 205 países que virão ao Rio de Janeiro em 2016 para as olimpíadas e paraolimpíadas. 

O planejamento específico para os Jogos começou em agosto de 2014, logo após a Copa do Mundo. No entanto, a SAC vem analisando cenários desde eventos passados. "Não somos marinheiros de primeira viagem. Já testamos nosso planejamento em eventos de grande porte, como o Rio+20, a Jornada Mundial da Juventude, a Copa das Confederações e a Copa do Mundo. Vamos acumulando experiências para os Jogos Olímpicos e os Jogos Paraolímpicos", afirma o ministro da Aviação Civil, Eliseu Padilha.

Renan Calheiros (PMDB) enfrenta o "governo": diz que vai barrar o indicado de Dilma para o Supremo Tribunal Federal. Renan manda!!!



O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB) dá mais uma demonstração de força. Renan foi consultado informalmente pelo Palácio do Planalto sobre o nome do jurista Luiz Edson Fachin para substituir o ministro Joaquim Barbosa no Supremo Tribunal Federal, Renan mandou avisar que o que "tiver a digital do PT" não passará no Senado; e que se Dilma insistir, nem Fachin nem nenhum outro nome ligado ao PT passará seja para o STF ou para qualquer outro cargo que precise da aprovação do Senado, como nas agências reguladoras.

Parece que Dilma não manda mais em nada!!!

Desvios na Operação Zelotes podem superar os da Lava-Jato


A Polícia Federal já concluiu buscas, na manhã desta quinta-feira (26/03), em dois gabinetes do CARF - Conselho de Administração de Recursos Fiscais e em residências de funcionários do órgão, que é responsável pelo "julgamento" de recursos administrativos de autuação promovidas pela Receita Federal. A investigação já apurou prejuízo (roubo) de R$ 5,7 bilhões aos cofres públicos, mas os valores, segundo fontes, devem ultrapassar os R$ 19 bilhões, tornando a chamada Operação Zelotes (de zelador), mais vultuosa do que a Lava-Jato. Aí tem corrupto e corruptor !!!

Deputado Federal Osmar Terra (PMDB-RS) foi escolhido como o novo presidente da Frente Parlamentar da Saúde Pública


O deputado federal Osmar Terra (PMDB-RS) é o novo presidente da Frente Parlamentar da Saúde Pública, que possui a participação de 250 parlamentares (incluindo senadores). Osmar Terra foi superintendente regional do antigo INAMPS, prefeito de Santa Rosa, presidente da FAMURS e secretário estadual da Saúde do Rio Grande do Sul por duas vezes. Terra ainda será ministro da Saúde.

quarta-feira, 25 de março de 2015

O rombo (roubo) no Postalis, fundo de pensão dos Correios é de R$ 5,6 bilhões de reais


A Bloomberg fez uma lista dos "negócios" do Postalis:


* O Postalis era o único investidor de um fundo do Bank of New York que mantinha uma cesta de títulos da república de bananas da  Venezuela e da republiqueta da falida Argentina. Esse "fundo" perdeu 65% de seu valor.

* O Postalis investiu também na EBX, de Eike Batista.

* O Postalis teve prejuízos  em aplicações nos Bancos BVA e Cruzeiro do Sul e na financeira Oboé: todos eles quebraram, em meio a acusações de fraude... Em 09.02.2012, o Banco Central decretou a liquidação extrajudicial da Oboé Crédito, Financiamento e Investimento S.A. A Oboé era de Fortaleza (CE)

* O Postalis "investiu" até mesmo no Lehman Brothers, em agosto de 2008, um mês antes de sua falência...

Agora os funcionários dos Correios devem perder 25% de seus salários pelos próximos 15 anos para conseguir cobrir o rombo (roubo) produzido pelos sindicalistas que foram colocados lá pelo PT...

Esperem os rombos (roubos) dos outros conhecidos fundos de pensão. O rombo (roubo) é maior. É bem maior que o Petrolão...

Um conhecido órgão investigativo (que é federal) está seguindo alguns vendedores da Impro, Inteli e Proh... Um já está preso na rede (e nem sabe)...



O órgão federal está filmando (e gravando) os encontros dos representantes (vendedores) destas empresas com alguns cirurgiões de coluna e joelho, que utilizam implantes nos seus procedimentos. Um dos representantes já está flagrado pelo órgão federal (e nem sabe do fato)... Dizem que quando ele for chamado vai abrir o bico.... E vai fazer uma delação premiada...  

Aumenta pressão pela saída de João Vaccari Neto (o Mochila) do PT


Diante da convocação para depor à CPI da Petrobras, petistas do Congresso e aliados querem que ele (Mochila) deixe a legenda para evitar mais constrangimentos ao Palácio do Planalto e ao partido

Um dia depois de virar réu no processo da Operação Lava-Jato, o tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, vulgo Mochila, enfrenta a convocação para prestar esclarecimentos na CPI da Petrobras e a pressão de grande parte dos petistas para que deixe o partido a fim de evitar mais sangramento. Denunciado à Justiça por crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, Mochila constrange a legenda, a presidente Dilma Rousseff e aliados. Um dos temores é que ele chegue a ser preso em novas fases da investigação (o que é certo que ocorrerá). A permanência dele é defendida, porém, pelo presidente da sigla, Rui Falcão...

Ministro da Comunicação Social deixa governo de Dilma


Thomas Traumann pediu demissão. Em nota, o Palácio do Planalto não informou que o substituirá na função

A presidente Dilma Rousseff aceitou, nesta quarta-feira (25/03) o pedido de demissão do ministro da secretaria de Comunicação Social, Thomas Traumann. Em nota divulgada pela secretaria de Imprensa da Presidência da República, Dilma agradeceu a competência, dedicação e lealdade de Traumann no período como ministro e porta-voz.


O texto divulgado pelo Planalto não informou o motivo da saída de Traumann e nem quem o substituirá no cargo, mas assume interinamente o secretario-executivo Roberto Messias. Traumann é o terceiro ministro a deixar a equipe de Dilma. Também saíram Cid Gomes, da Educação, e Marcelo Néri, da Secretaria de Assuntos Estratégicos. 


A situação do ministro, entretanto, se tornou crítica após a divulgação de um documento interno atribuído a ele, o qual diz que o país vive "caos político" e tem uma comunicação "errática", revelado pelo jornal Estado de S.Paulo. A presidente Dilma Rousseff chegou a negar a que o documento fosse da Secom.

A bomba de H será uma robusta investigação no BNDES... A outra bomba H será nos Fundos de Pensão das estatais... São bilhões desviados...


O pior está por vir. O apocalipse está chegando forte... Bomba H é uma Bomba de Hidrogênio...

Diferença entre o deputado federal narigudo do PP e o jogo do bixo: o deputado banca e paga (propina), o jogo do bixo banca e paga. O jogo do bixo é sério...




O deputado federal narigudo que está numa situação delicada junto ao Ministério Público Federal pelo seu envolvimento no Petrolão tem fama de bancar e pagar (propina). A diferença dele com o jogo do bixo é abismal. O jogo do bixo é sério. O jogo do bixo banca e paga. O deputado narigudo banca e paga (só que paga propina)...

Câmara dos Deputados derrota Dilma e reduz reajuste de dívidas estaduais



Após fechar acordo com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), o presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) pautou e aprovou na noite desta terça (24/03) um projeto de lei que regulamenta o novo indexador das dívidas dos estados com a União. Líderes de todos os partidos orientaram as bancadas a votar favoravelmente ao projeto, segundo o qual a União terá 30 dias para assinar aditivos aos contratos das dívidas estaduais, já com os novos índices. Caso contrário, os estados ficam autorizados a adotar os novos índices, mais vantajosos, por conta própria. O texto segue para o Senado.

Os líderes de todas as bancadas orientaram seus parlamentares a votar favoravelmente ao projeto, que acabou aprovado por 389 votos favoráveis e apenas duas abstenções. O projeto foi apresentado pelo líder do PMDB, Leonardo Piccianni (PMDB-RJ). A lei que cria o novo indexador para as dívidas de estados e municípios foi sancionada pela presidente Dilma  em novembro de 2014, mas dependia de regulamentação para entrar em vigor.

Eduardo Cunha e Renan Calheiros estão criando um novo modelo de poder: PARLAMENTARISMO BRANCO...

PMDB e oposição vão à Justiça contra novo partido de Kassab


O PL, possível novo partido, é um importante foco de atrito entre o governo e o PMDB, o maior partido aliado da coalização de Dilma Rousseff

Dois dias após aliados do ministro das Cidades, Gilberto Kassab (PSD), pedirem ao Tribunal Superior Eleitoral a recriação do Partido Liberal, o PMDB e o DEM acertaram na manhã desta quarta-feira (25) que irão recorrer à Justiça para tentar barrar a volta da legenda.
O PL é um importante foco de atrito entre o governo e o PMDB, o maior partido aliado na coalizão de Dilma Rousseff.
Caciques peemedebistas, entre eles os presidentes da Câmara, Eduardo Cunha (RJ), e do Senado, Renan Calheiros (AL), acusam o governo de agir nos bastidores em apoio a Kassab com o objetivo de esvaziar a oposição e o PMDB.
A tese é a de que o ministro quer criar o PL para atrair peemedebistas e oposicionistas para a legenda, sem risco de perda de mandato por infidelidade partidária, já que a lei permite a migração para novas siglas. Depois, o PL se fundiria com o PSD, criando uma sigla governista robusta que diminuiria a  dependência do governo do PMDB.
Infelizmente está claro de quem quem está por trás de toda essa manobra de recriação do PL é o governo, juntamente com o Kassab. A intenção é minar a oposição e o PMDB, que é o aliado incômodo”, disse o líder da bancada do DEM, Mendonça Filho (PE).
Eduardo Cunha disse nesta terça-feira (24) que o pedido de recriação do PL irá agravar ainda mais a já tensa relação entre o PMDB e o Palácio do Planalto.
Na impugnação (contestação) que irão ingressar na Justiça, PMDB, DEM e outros partidos de oposição vão argumentar que Kassab e seus aliados não conseguiram reunir as exigências mínimas para recriar o PL. Entre elas, a apresentação de cerca de 500 mil assinaturas de apoio.
No pedido que entregou ao TSE, os aliados do ex-prefeito de São Paulo argumentaram que irão apresentar as assinaturas ao longo do processo de análise do pedido, já que estaria havendo demora demasiada na conferência dos nomes pelos cartórios eleitorais nos Estados.