segunda-feira, 27 de outubro de 2014

DILMA ROUSSEFF (PT) É REELEITA PRESIDENTE DO BRASIL. AS PESQUISAS DE SÁBADO (DATAFOLHA E IBOPE) ACERTARAM...


Em uma das eleições mais disputadas da história, a presidente foi reeleita com 51% dos votos válidos, ante 49% do senador mineiro Aécio Neves (PSDB).

A eleição presidencial deste ano foi marcada pelas reviravoltas. A primeira delas provocada por uma tragédia: em 13 de agosto, o candidato do PSB à Presidência, Eduardo Campos (ligadíssimo à Lula), morreu em um acidente aéreo em Santos (SP). A campanha eleitoral começara havia pouco mais de um mês o o ex-governador de Pernambuco aparecia em terceiro lugar nas pesquisas, com menos de 10% das intenções de votos. Os levantamentos indicavam que a presidente Dilma Rousseff (PT) poderia vencer no primeiro turno.

Com a morte de Eduardo Campos, assumiu a chapa a sua vice, Marina Silva (PSB e ex-PT e ex-PT). A entrada da ex-senadora na disputa alterou completamento o cenário eleitoral. Nas primeiras pesquisas realizadas após a confirmação da candidatura de Marina Silva (a ex-petista), ela aparecia em empate técnico com Aécio Neves (PSDB), com cerca de 20% dos votos totais. Nas pesquisas, Marina Silva cresceu e chegou a empatar com Dilma Rousseff. Nas simulações de segundo turno, Marina superava Dilma. Marina não passava de um 'cavalo paraguaio". 

A 'ascensão" de Marina Silva (o cavalo paraguaio) a tornou alvo das candidaturas petistas e tucana. Sob ataque, o desempenho da ex-senadora petista, que já havia disputado a Presidência da República em 2010 (pelo PV), foi afetado. Os números passaram a indicar queda da senadora e crescimento de Aécio Neves. Na última semana antes do primeiro turno, o tucano passou Marina Silva nas pesquisas eleitorais. A candidata dos banqueiros de São Paulo foi defenestrada!!!

A tendência de crescimento de Aécio Neves foi confirmada nas urnas. Aécio obteve 33,55% dos votos válidos. Marina Silva (cavalo paraguaio) conseguiu 21,32%. Dilma ficou em primeiro lugar, com 41,59%.

No início da campanha no segundo turno, as pesquisas indicaram empate técnico entre Aécio e Dilma, com o tucano numericamente à frente. Na última semana, uma nova virada dos números, Dilma começou a crescer e passou Aécio. As duas candidaturas chegaram bem equilibradas às urnas neste domingo (26). A tensão durou até as 20h (horário de Brasília), quando o Tribunal Superior Eleitoral liberou os resultados, já com mais de 93% das urnas apuradas. As três hora de demora em relação ao fim da eleição nos Estados com horário de verão se deveu ao fuso horário no Acre - três horas atrás de Brasilia.

DILMA FOI A GRANDE VITORIOSA!!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário